Pravda.ru

Federação Russa

Força Aérea estratégica russa realizará exercícios táticos em áreas nortenhas do globo

08.02.2008
 
Força Aérea estratégica russa realizará exercícios táticos em áreas nortenhas do globo

Os aviões da Força  Aérea  estratégica russa realizarão entre  13 e 14 de fevereiro exercícios táticos em áreas nortenhas do globo, comunicou hoje  o serviço de imprensa da tropa.Tripulações de mais de vinte aviões Tu-95 MS e IL-78M se exercitarão em patrulha aéreo, repostado durante  o  vôo   aterrissagem em aeródromos de reserva", indica o  comunicado. 

Nos exercícios , que se realizarão sob  o comando do Comandante da Aviação Estratégica, general major Pável Andrósov, também participará um regimento de bombardeiros pesados.

 O Tu-95 MS, é um dos mais recente e também o último dos sobreviventes desta longa linha de aviões. Embora tenha sido anunciado o seu fim, um numero considerável deles foi mantido operacional de entre os que se fabricaram a partir de 1981 e até 1989.

O Tu-95MS também difere dos outros Tu-95 pela utilização do canhão de dois canos na cauda, em vez de canhões numa montagem dupla. Ele pode transportar mísseis KH-55.

Embora cara, a operação do TU-95MS é no entanto muito mais econômica que a de outros aviões da família. Os seus poderosos motores de pás duplas, conseguem levar o avião a uma velocidade de 828Km/h que é incrível para um avião movido a hélice. A desvantagem do TU-95 decorre porém da idade do projecto.

 O Il-78M Midas é um reabastecedor de 3 pontos baseado (ou até mesmo convertido) na fuselagem de um cargueiro Il-76MD. O avião possui três unidades de reabastecimento externas, uma em cada asa e uma montada na parte de trás da fuselagem.

As duas posições das asas são, as vezes, retiradas para missões que envolvam apenas uma aeronave reabastecida. Cada unidades opera, no máximo, com uma taxa de 2.500 litros por minuto (um total de 7.500 litros/minuto), mais do que os sistemas ocidentais.

Luzes vermelhas e amarelas foram instaladas atrás de cada unidade e onde seria a torreta da cauda, para contatos fora do radio. Internamente, o Il-78M tem um par de enormes tanques cilíndricos encaixados da mesma foram que pallets. Juntos, estes tanques armazenam um total de 35 toneladas de combustível e, sendo independentes do combustível interno da aeronave, esse peso é considerado como combustível transferível para outro avião.

Um observador fica onde estaria o operador da torreta de trás, mas não possuiu nenhum controle, comunicando-se via radio com o engenheiro de vôo que controla o reabastecimento. O encontro do tanque com a aeronave que será reabastecida é facilitado por um simples radar localizado dentro de um casulo logo à frente da porta de carga traseira.

Por Lyuba Lulko

Mais sobre armamento russo


Loading. Please wait...

Fotos popular