Pravda.ru

Federação Russa

S-400 Triumph já em operações à defesa de Moscou

07.08.2007
 
S-400 Triumph já em operações à defesa de Moscou

Foi colocada ontem (06) em operações à defesa aérea de Moscou o novo sistema de defesa antimíssil S-400 Triumph, que substitui o velho S-300.

 O sistema S-400, projetado pela empresa Almaz, podem abater a alturas de entre 10 metros e 50 quilômetros aviões de tecnologia "stealth", mísseis de cruzeiro, táticos e até balísticos com velocidades de vôo de 4,8 quilômetros por segundo, informou o general Aleksandr Zelin, chefe da Força Aérea russa.

 O sistema usa três tipos de mísseis com um alcance de até 150, 300 e 400 quilômetros, que podem abater simultaneamente doze alvos. Cada bateria consta de rampas de lançamento vertical, uma unidade de radar e equipamentos autônomos de detecção e identificação de alvos.

 
O general  informou que o novo sistema antimíssil poderia ser exportado e usado para construir um sistema de defesa europeu, uma afirmação que se refere ao projeto norte-americano com o mesmo fim, questionado por Moscou.

 Zelin, disse que esta última hipótese deveria ser considerada detalhadamente. O S-400, foi inaugurado durante a polêmica sobre o escudo antimíssil que os Estados Unidos querem ativar em países da União Européia como Polônia e República Tcheca.

 Por sua vez Igor Ashurbeili, diretor-geral da Almaz, destacou que este é o primeiro sistema de mísseis que o Exército russo recebe para a defesa aérea em 14 anos.

 A defesa aérea do país precisa de entre 200 e 250 destas baterias de mísseis, segundo versão russa da Pravda. 

De acordo com fontes militares, o segundo sistema S-400 entrará em serviço no ano que vem. Até 2015 a Rússia pretende contar com pelo menos 23 baterias desses mísseis.

 Por Lyuba Lulko

 Mais sobre armamento russo



Loading. Please wait...

Fotos popular