Pravda.ru

Federação Russa

Parlamentares russos apoiaram Putin

05.10.2006
 
Parlamentares russos apoiaram Putin

A Duma (câmara baixa  do Parlamento da Rússia)   aprovou ontem, com 418 votos a favor, uma abstenção e um contra,  uma declaração em que acusa a Geórgia de praticar uma política de "chantagem" e "provocação" contra as tropas de paz russas destacadas nas regiões secessionistas da Abcázia e da Ossétia do Sul.

Muito significativamente, os deputados russos classificam como "terrorismo de Estado" a política pró-ocidental do Presidente da Geórgia, Mikhail Saakashvili".
 
 A declaração ameaça a Geórgia com sanções "mais severas", caso Tbilissi prossiga com a sua "política contra a Rússia".

"Caso continuem com acções contra a Rússia que ameaçam a estabilidade e segurança da região, a Rússia terá todo o direito de tomar uma série de medidas ainda mais severas", refere a declaração. Os deputados russos afirmam que poderão ser adoptadas "sanções financeiras, comerciais e económicas contra a Geórgia". 

A aprovação daquele documento pelo Parlamento de Moscovo surgiu após um encontro do Presidente russo, Vladimir Putin, com os dirigentes dos grupos parlamentares.

 Putin agradeceu aos líderes parlamentres que o apoiam na sua posição  em relação à Grórgia. Vladimir Putin acentuou: "Não aconselho ninguém, nem sequer a Geórgia, a falar com o nosso país usando a linguagem da chantagem."

Pravda.ru


Loading. Please wait...

Fotos popular