Pravda.ru

Federação Russa

A Rússia libertou iranianos apreendidos pelos piratas somalianos

05.05.2009
 
A Rússia libertou iranianos apreendidos pelos piratas somalianos

A embaixada do Irão em Moscovo informou que um navio de guerra russo libertou oito iranianos que foram apreendidos junto com supostos piratas somalianos na semana passada, segundo relatos da Associated Press. O presidente russo Dmitry Medvedev sugeriu estabelecer uma corte internacional para julgar suspeitos de pirataria.

A embaixada disse que os iranianos tinham sido feitos prisioneiros pelos piratas por três meses, e elogiaram a marinha russa pelo salvamento.

O almirante Panteleyev do contratorpedeiro russo capturou uma embarcação com 29 piratas somalianos na semana passada. Os meios de comunicação russos tinham relatado que os pescadores iranianos e paquistaneses estiveram detidos junto com os piratas.

Um orador da marinha russa confirmou que os iranianos estavam liberados e que o destino dos piratas ainda estava a ser considerado.

" É necessário considerar todas as possibilidades, incluindo, talvez, a formação de algum tipo da corte internacional neste tema, " disse Medvedev.

" Frequentemente os estados de onde estes piratas vêm não tomam nenhumas ações, a curto prazo, isso ajuda a este tipo de crime, " disse Medvedev.

Foto: RIA Novosti


Loading. Please wait...

Fotos popular