Pravda.ru

Federação Russa

Putin chora depois de vencer

05.03.2012
 

Putin chora depois de vencer. 16565.jpeg

Falando no comício em frente dos seus partidários na Praça Manejnaya, em Moscou, Vladimir Putin, ainda candidato presidencial agradeceu a todos aqueles que disseram " sim" à "Grande Rússia".


"Nós mostramos que nosso povo pode facilmente distinguir entre o desejo de novidade e renovação de provocações políticas que têm um único objetivo em mente: dividir o Estado russo e usurpar o poder", afirmou Putin. "O povo russo mostrou agora que tais opções, cenários em nossa terra não passarão. Eles não passarão! … Prometi-lhes que  ganhassemos? Nós vencemos! Glória à Rússia ", disse ele.

Ao mesmo tempo Putin falou tão emocionalmente, que muitos tinham a impressão de que estava chorando. Mais tarde, o primeiro-ministro admitiu lágrimas, mas explicou que havia sido não devido a um excesso de emoção, mas ao vento. Uma explicação de um homem, receando mostrar emoções.

Processados 98,09 por cento dos boletins das eleições presidenciais da Federação Russa, lidera o primeiro-ministro Vladimir Putin. Votaram nele 63,97 por cento dos eleitores ou por 45 bilhões de pessoas, a terem vindo em 4 de março às urnas.

Em segundo lugar, com 17,17 por cento segue o líder comunista, Gennady Zyuganov. Em terceiro lugar- o magnata sem partido, Mikhail Prokhorov. Votaram nele 7,65 por cento dos eleitores, de acordo com a Comissão Central Eleitoral do país.Em quarto lugar fica o líder nacionalista do LDPR, Vladimir Jirinovski (7,19 por cento dos votos).

Putin vence por maioria absoluta, sendo assim eleito presidente pela terceira vez.

Uma reforma constitucional elevou de quatro para seis os anos do mandato presidencial. Putin poderia, ainda, se apresentar para a eleição de 2018 e se manter no poder, teoricamente, até 2024.

Lyuba Lulko

Pravda.Ru

 

 


Loading. Please wait...

Fotos popular