Pravda.ru

Federação Russa

Bombardeiro Tu-160 é mais potente do mundo

04.05.2008
 
Bombardeiro Tu-160 é mais potente do mundo

A Aviação estratégica russa manterá em funcionamento os bombardeiros TU-95MS, TU-160 e TU-22M3 . Anualmente entram em serviço um ou dois aviões para manter um nível adequado a capacidade combativa dos bombardeiros estratégicos nacionais.

O bombardeiro supersônico Tu-160 começou a ser desenvolvido pela empresa Tupolev em 1975. O aparelho está destinado para destruir com armas nucleares e convencionais os objetos mais importantes nas áreas geograficamente alojados de teatro de operações e para missões intercontinentais do mesmo tipo.

O Tu-160 realizou seu primeiro vôo nos finais de 1981. A Força Aérea soviética foi completada por primeiros 4 aviões Tu-160 no ano 1987. Os quatro tripulantes se encontram em uma cabina hermética comum.

Atualmente a Força Aérea dispõe de 20 aparelhos Tu-160. O Tu-160 é um monoplano quadrimotor com asas de geometria variável. O empuxo propulsivo de cada motor é de 137, 2 kN em regime nominal e de 245,7 em forçado. Detrás de nicho de aterrissagem principal se encontra a planta propulsora auxiliar.

O sistema de mando de motores é elétrico , com duplicador hidromecânico. O avião está dotado de tubo retratável para reabastecer em vôo ( os aviões de abastecimento são Il-78 e Il-78M). A velocidade máxima é cerca de 2000 km/h, e de 1030 km/h ao nível do mar.

O teto prático é de 16.000 metros , o alcance com carga máxima chega a 10.500 km, o recorrido de despegue ( com a carga máxima) é 2.200 metros. A envergadura do avião é de 55,7-35,6 metros ( depende de equipamento). Tu-160 tem 54,1 metros de largura e 13,1 metros de altura, sua superfície de asas é de 360 a 400 metros.

O bombardeiro leva seu armamento em duas bodegas no interior da fuselagem. Segundo o tipo da missão o armamento é distinto. Para as tarefas estratégicas leva 12 mísseis de cruzeiro Kh-55 com cargas convencionais e  nucleares instalados em dois lançadores tipo "tambor" (similares ao de um revólver), e mísseis aerobalísticos supersónicos Kh-15 (24 mísseis em quatro rampas de lançamento).

Atualmente Tu-160 é o bombardeiro mais potente do mundo: superando as características principais e armamento de seu análogo da mesma classe , o B1B Lancer norte-americano;

 Por Lyuba Lulko 


Loading. Please wait...

Fotos popular