Pravda.ru

Federação Russa

As caixas negras de A320 ainda não encontradas

04.05.2006
 

Hoje continuarão os trabalhos de recuperação dos corpos dos mortos no accidente de Airbus A-320 de Armavia. Até a noite de ontem, 49 corpos haviam sido resgsastados por equipes de socorro e mergulhadores. 17  corpos já haviam sido identificados pelos parentes das vítimas do accidente. O representante de Armavia  expressou  a gratidão  à Rússia  pela sua ajuda  a realizar os trabalhos de indentificaçao. “Rússia faz tudo. Resolve o problema de alojamento e alimentação dos parentes das  vítimas, abastece os pelo transporte e medicamentos. Com eles  trabalham os psicólogos russos” –disse .

  Os trabalhos de recuperaçao de corpos eram difíceis porque boa parte da aeronave foi parar no fundo do mar Negro, a 500 metros de profundidade e devido às péssimas condições climaticas. Hoje com o equipamento especal  chegam os especialistas franceses para  ajudar na pesquiza das caixas negras.


Segundo o chefe dos serviços de resgate russos  na zona do accidente, general Serguei Kudinov, a impressão inicial era que a queda do avião pegou todos a bordo de surpresa. “os corpos resgatados não estavam com coletes salvavidas, o leva a supor que o que ocorreu foi totalmente inesperado”-disse. Investigadores tambem descartam a possibilidade de o accidente ter sido causado por uma bomba.

De acordo com uma lista de nomes divulgada pelo aeroporto de Erevan, entre os passageiros há 85 armênios, 26 russos, um georgiano e um ucraniano. Dois passageiros não foram registrados. 


Loading. Please wait...

Fotos popular