Pravda.ru

Federação Russa

Rússia inicia a formação da Força de Reação Rápida Única da OTSC

04.02.2009
 
Rússia inicia a formação da Força de Reação Rápida Única da OTSC

Os líderes da Organização de Segurança Coletiva (OTSC) , formada por ex-repúblicas soviéticas ( Armênia, Belarus, Cazaquistão, Quirguistão, Rússia, Tajiquistão e Uzbequistão) se encontram estes dias em Moscou, numa reunião de caráter extraordinário, com o objetivo de firmar um tratado sobre a formação de uma Força de Reação Rápida Única .

“O primeiro e principal tema da agenda é a formação de forças coletivas da OTSC”, disse o adjunto do presidente russo para assuntos internacionais , Serguei Prikhodko.

Precisou que essa Força será utilizada se acontecer alguma agressão militar contra qualquer dos membros da OTSC, em operações antiterroristas, na luta contra o crime organizado e narcotráfico.

Segundo o adjunto, atualmente, o sistema de segurança coletiva integra três grupos regionais militares: o transcaucasiano , russo-armênio, o europeu oriental, russo-bielorusso e o cento-asiático em formação, informa Ria-Novosti. Se prevê que a Força teria um mandato unificado e a sua base principal seria localizada no território da Rússia .

O “esteio” da Força constituirão as unidades russas : 98 ª divisão aero -transportada e 31 ª brigada de desembarque e assalto da Força Aérea da Rússia. O Cazaquistão participaria com uma brigada de desembarque e outros , com um batalhão  de cada país.

O presidente do Cazaquistão, Nursultan Nazarbaev ,anunciou a proposta de completar essa formação militar por unidades de ministérios de Emergência e, possivelmente, do Interior. “É uma idéia para desenvolver”, disse Prikhodko.

A OTSC não quer a expansão da Otan às suas fronteiras.

Também, a criação da Força é uma das variantes de resposta ao plano dos EUA  para instalar o terceiro anel da defesa aérea na Europa Oriental (radar na República Checa e 10 mísseis antiaéreos na Polônia.

Além disso, há uma necessidade urgente para organizar uma defesa adequada contra várias ameaças procedentes do Afeganistão.

A iniciativa do novo acordo, claro é da Rússia, preocupada com os acontecimentos na Geórgia e Ucrânia . Há dois dias firmou com a Belarus o acordo sobre a criação do Sistema da Defesa Aérea Única.

 Por Lyuba Lulko


Loading. Please wait...

Fotos popular