Pravda.ru

Federação Russa

À espera da "Marcha russa" proibida pelas autoridades

03.11.2006
 
À espera da "Marcha russa" proibida pelas autoridades

As organizações nacionalistas russas anunciaram que realizarão amanhã , em 4 de novembro, uma nova "Marcha Russa" em várias cidades do país , como aconteceu no ano passado, quando centenas de manifestantes com a cabeça raspada percorreram as rua , provocando as desordens, sob o lema de "Rússia para os russos”.

As autoridades de Moscovo ,  São Petersburgo e outras cidades  proibiram a realização da Marcha russa,  porém várias organizações nacionalistas não se  recusaram a participar  nas manifestações.

Com isso, as autoridades de Moscovo, pretendem destacar amanhã uma força de 6.500 agentes policiais e soldados das tropas do Interior para manter a órdem pública na capital. 

A Procuradoria Geral da Rússia advertiu hoje que tomará , em conjunto com a Polícia, as medidas drásticas contra qualquer manifestação não autorizada. A Procuradoria analiza as declarações de alguns deputados da Duma que manifestaram a intenção de participar na Marcha russa.

“ Se descobrirmos alguma violação da ética parlamentar , vamos a enviar a carta correspondente á Cámara baixa, “ disse o primeiro adjunto do procurador de Moscovo, Alexander Buksman, ouvido pela Ria-Novosti.


Loading. Please wait...

Fotos popular