Pravda.ru

Federação Russa

Desastre no Mar Negro

03.05.2006
 
Desastre no Mar Negro

O avião de Linhas Aéreas da  da Armênia A-320  caiu no mar Negro com  111 pessoas no bordo, informa Euronews. O representante de companhia Andrej Agadzhan explicou que devido ao mau tempo a tripulação tinha tomado a decisão de retornar ao ponto de partida, Yerevan, capital da Armênia. Mas o controle aéreo do aeroporto de Adler, da cidade de Sochi, para onde se dirigia, informou que o tempo tinha melhorado. "O avião estava em um estado técnico ideal e tinha uma tripulação experiente", disse  ele. Quando o avião se aproximava de Adler, o tempo voltou a piorar. A tripulação se viu obrigada a repetir a manobra de aterrissagem. Instantes depois o aparelho desapareceu das telas dos radares.

Segundo Itar-Tass, o avião caiu num ângulo de 60 graus e seus destroços estão a uma profundidade de aproximadamente 300 metros, a cerca de cinco quilômetros da costa. Agecia informa que ninguém na região viu nem ouviu explosões. Além disso, a grande mancha de óleo e combustível no mar, no local do acidente, não pegou fogo. O avião caiu intacto, comunicou  uma fonte a

agéncia russa . Esta fonte refuta que o avião tive accidente no resultado de um atentado terrorista.

Os especialistas vaõ examinar os corpos e então "poderão estabelecer conclusões", acrescentou a fonte.

Representantes das Linhas Aéreas da Armênia e do Departamento Geral de Aviação Civil do Governo da Armênia vão a Sochi com as famílias dos mortos, anunciou Agadzhan.

Entre os desaparecidos estava um ex-diretor-geral da companhia, Viacheslav Yaralov.

Apesar da forte chuva, que limitava a visibilidade a cerca de 120 metros, mais de 10 navios de resgate com equipes de mergulhadores rastreia a área do acidente procurando os corpos das vítimas.  Informa-se que de manha do dia 3 de agua  já foram extraidos 11 corpos dos mortos. 


Loading. Please wait...

Fotos popular