Pravda.ru

Federação Russa

Putin quer ganhar eleições legislativas com Rússia Unida

02.10.2007
 
Putin quer ganhar eleições legislativas com Rússia Unida

O presidente russo, Vladimir Putin, aceitou ontem (01) encabeçar a lista do principal do partido governamental, Rússia Unida (RU), nas eleições legislativas à Câmara Baixa de 2 de dezembro. Tendo a grande popularidade no país Putin fortalece as posições do Partido, sendo a RU já conta com o apoio de quase metade dos russos que votam.

Desse modo abre as portas à possibilidade de se tornar o primeiro-ministro quando deixar a presidência, dentro de alguns meses, se ele conseguir eleger o sucessor. Putin recusou novamente pedidos para que continuasse na Presidência por mais quatro anos - o segundo mandato dele termina em 2008 .

O presidente, que não é o integrante do Partido, chegou ao congresso do RU convocado para decidir a "troika" que encabeçará a lista eleitoral do partido, considerado um conglomerado de funcionários leais a Putin e que já controlam a Duma (Parlamento) atual, segundo o líder do RU e da Câmara Baixa do Parlamento russo, Boris Grizlov.

O presidente da Duma disse que o programa do partido é o "Plano Putin", que prevê a continuidade da política atual e o "vetor" do desenvolvimento futuro da Rússia.
O empresário Serguei Borisov também pediu ao presidente que encabece o RU, em uma "contribuição pessoal à consolidação da democracia e do pluripartidarismo".

No entanto, o presidente respondeu que ele é "um 'sem-partido', da mesma forma que a maioria arrasadora dos cidadãos do país", e que por enquanto não quer "mudar esse status".
Os dirigentes do partido afirmaram hoje que a inclusão de Putin na lista permitirá que consigam a maioria constitucional da nova Duma.


Loading. Please wait...

Fotos popular