Pravda.ru

Federação Russa

Medvedev esmagador

02.03.2008
 
Medvedev esmagador

Dmitri Medvedev é eleito Presidente da Federação Russa, sucedendo Vladimir Putin. Uma taxa de votação de cerca de 60% deu-lhe clara vantagem sobre os três rivais, Zyuganov (Partido Comunista), Zhirinovsky (Partido Democrata Liberal) e Bogdanov (Partido Democrático). Putin será PM.

Gennady Ziuganov (Partido Comunista) declarou hoje que as eleições presidenciais na Rússia foram fraudulentas, a imprensa internacional está cheia de histórias de influências no processo de votação, SKY News previsivelmente alegando que a democracia e liberdade de expressão não existe na Rússia (e para prová-lo, fazem uma entrevista em pleno centro de Moscovo com um ex-Primeiro Ministro no tempo de Eltsin, que dispara em todas as direcções…sem qualquer interferência pelas autoridades). No entanto, a realidade nua e crua é que Dmitri Medvedev (pronunciado Med-VE-dev) foi eleito pela grande maioria dos eleitores da Rússia num processo livre, justo e inteiramente democrático. Quem diz o contrário ou nunca foi à Rússia, ou não tem qualquer contacto com o país, ou simplesmente não sabe o que diz.

Medvedev, ex-Vice-Primeiro-Ministro, sucede Vladimir Putin com entre 65% e 70% do voto numa taxa de votação rondando os 60% (dados disponíveis na altura da publicação).


Em segundo lugar veio Gennady Ziuganov (Partido Comunista) com cerca dos 20%, seguido pelo nacionalista Vladimir Zhirinovsky (Partido Democrata Liberal) com cerca de 13% e finalmente, Andrei Bogdanov (Partido Democrático) obteve cerca de 1,5%.

Dmitri Medvedev tinha declarado que se for eleito, vai pedir ao Vladimir Putin ser seu Primeiro-Ministro.

Timothy BANCROFT-HINCHEY

PRAVDA.Ru


Loading. Please wait...

Fotos popular