Pravda.ru

Federação Russa

Líbia convida Rússia para organizar uma base naval militar

01.11.2008
 
Líbia convida Rússia para organizar uma base naval militar

O líder da Revolução líbia, Muammar Gaddafi, declarou hoje que as políticas comuns em relação a petróleo e gás, unem a Russia e a Líbia. “Consideramos que a cooperação no setor de petróleo e gás tem a especial importância no momento atual e contribuirão para o desenvolvimento das políticas comuns em relação a hidrocarbonetos” disse Gaddafi nas conversações com o presidente da Rússia, Dmitri Medvedev, realizadas em Kremlin.

Segundo o líder da Líbia, os dois países são grandes produtores de petróleo e gás e devem intensificar a cooperação neste âmbito.

“Acho que a visita permitirá colocar as relações bilaterais em um nível novo “, destacou Gaddafi e convidou as companhias russas a instalar-se nos setores civis da economia líbia.

Segundo revela o jornal Kommersant a Líbia esta disposta  para propor o seu território para instalar lá uma base naval russa, a primeira  nas águas distantes. Uma fonte das estruturas oficiais russas disse ao jornal Kommersant que o coronel Gaddafi “planteará o tema em relação à abertura de uma base naval militar no porto líbio de Benghazi”.

O líder líbio opina que a presença militar russa será a garantia de não agressão contra a Líbia por parte dos EUA, país que não está de pressa para estreitar a amizade com Gaddafi, a pesar de gestos numerosos pacificadores de Trípoli.

Uma esquadra da Frota russa do Norte, liderada pelo cruzeiro nuclear lança-mísseis “ Pedro o Grande”, visitou há pouco a Líbia , assim como o patrulheiro "Neustrashimi" ( Destemido) da Frota russa do Báltico, enviado às costas da Somália para efetuar a o patrulhamento nas águas de atuação dos piratas.


Loading. Please wait...

Fotos popular