Pravda.ru

Federação Russa

Rússia espera dos EUA uma postura clara sobre a Síria

01.07.2013
 
 
Rússia espera dos EUA uma postura clara sobre a Síria. 18432.jpeg

Moscou, (Prensa Latina) A Rússia espera que os Estados Unidos esclareçam sua postura sobre a Síria durante a reunião regional do Fórum de Cooperação Ásia-Pacífico, em Brunei, no início de julho, comentou o ministro de Assuntos Exteriores, Serguei Lavrov, em declarações reproduzidas hoje pela imprensa.

Esperamos que se tenha uma grande clareza da posição de Washington durante o encontro com o secretário de Estado, John Kerry, na reunião de Brunei, nos dias 1 e 2 de julho, manifestou o chanceler em uma entrevista à agência oficial ITAR-TASS.

Lavrov mencionou que existe como base um acordo bilateral, atingido em Moscou em maio durante a visita de Kerry, para conjuntamente propiciar a participação do governo da Síria e da oposição na conferência internacional em Genebra, cuja convocação tem sido dificultada por Waashington e seus aliados ocidentais.

A Rússia não conseguiu um compromisso firme da parte norte-americana de garantir a presença da variada oposição síria na reunião de genebra, sem condições prévias, nem uma ampla participação de atores regionais, incluído o Irã.

Além disso, a Casa Branca respaldou abertamente o fornecimento de armamentos aos grupos radicais.

Lavrov sublinhou que o governo de Damasco ratificou a disposição de enviar uma delegação a Genebra e o faz sem condicionamentos, apontou.

Do outro lado, a coalizão nacional, na qual os sócios ocidentais depositam suas esperanças, se nega a participar enquanto Bashar Al Assad permanecer no poder "e não for restituído o equilíbrio militar no território", contrastou o chanceler.

Lavrov expressou consternação com essa lógica, que, na sua opinião, fere todos os princípios que sustentam a necessidade de realizar essa conferência, a segunda depois da ocorrida em 30 de junho de 2012, cujos os principais acordos não se concretizaram, justamente pelas manobras dos Estados Unidos e seus aliados para uma intervenção militar nesse país.

O chefe da diplomacia russa recordou que, na reunião preparatória realizada ontem em Genebra entre vice-chanceleres, não houve respostas a essas questões pendentes, tampouco conseguiram um consenso sobre a data de realização do encontro tripartido (Estados Unidos, ONU, Rússia), prévio à conferência internacional, disse.

A delegação russa, integrada pelos vice-chanceleres Mijail Bogdanov e Guennadi Gatilov, enfatizou a necessidade de criar uma atmosfera positiva para a convocação do encontro internacional sobre a Síria.

Moscou alertou, nesse sentido, contra a ocorrência de ações unilaterais, que possam ser incongruentes com os esforços da ONU e de um grupo de países para reverter o conflito armado nessa nação árabe e levar ao caminho de um acordo político.

Bogdanov, em particular, transmitiu a posição russa a dirigentes da coalizão nacional e de outras organizações opositoras sírias, com os quais sustentou um encontro em Genebra, comunicou a Chancelaria.

http://www.iranews.com.br/noticia/10316/russia-espera-dos-eua-uma-postura-clara-sobre-a-siria

 


Loading. Please wait...

Fotos popular