Pravda.ru

Federação Russa

Radar Voronezh-MS liberta a Rússia da dependência

01.03.2009
 
Radar Voronezh-MS liberta a Rússia da dependência

A Rússia já não depende da Ucrânia para fornecê-la com informação sobre monitorização de mísseis estratégicos após o lançamento do seu novo radar no sul do país, disse Major Gen. Oleg Ostapenko, comandante das Forças Espaciais da Rússia disse na sexta-feira. O radar Voronezh-MS situado na zona sul da cidade Armavir entrou em serviço na quinta-feira.

Major Gen. Oleg Ostapenko disse que o radar de Armavir iria acompanhar as prováveis rotas de mísseis e dar instruções na eventualidade de um ataque com mísseis no sul e no sudeste da Rússia, em lugar dos serviços de aviso previamente nas instalações Mukachevo e Sevastopol na parte ocidental da Ucrânia, a Criméia.

Rússia encerrou um acordo assinado em 1997 com a Ucrânia sobre a utilização de ambos os radares ucranianos em Fevereiro de 2008 com o argumento de que eles se tinham tornado obsoletos. Com um alcance eficaz de 4000 km (2.500 milhas), a classe de radar Voronezh radar tem capacidades semelhantes às suas antecessoras, a Dnepr e Daryal, que estão actualmente destacados fora da Rússia, mas usa menos energia e é mais amigo do ambiente.

Gen. Ostapenko disse que a Rússia iria construir mais estações radar para substituir as já existentes, acrescentando que o Armavir foi o segundo, após o Lekhtusi, na Região de Leninegrado, que tinha sido colocado em funcionamento em Março de 2006.

Washington pretende colocar 10 mísseis interceptores na Polónia e um radar na estação da vizinha República Checa, supostamente para combater uma ameaça de mísseis do Irão e outros "malfeitores". A Rússia opõe ferozmente os planos, dizendo que o escudo europeu iria destruir o equilíbrio estratégico de forças e de ameaçar os interesses nacionais da Rússia.

Konstantin KARPOV


Loading. Please wait...

Fotos popular