Pravda.ru

Federação Russa

Moscou e o FSB elaboram a lei para regularizar o uso do polígrafo

01.03.2007
 
Moscou e o FSB elaboram a lei para regularizar o uso do polígrafo

As autoridades de Moscou e o Serviço Federal da Segurança da Rússia (FSB) anunciaram hoje (01) que preparam um projeto de lei para regularizar o uso do polígrafo ou o ditetor de mentiras nas entrevistas de emprego.

 “ Chegamos a conclusão de que seria útil elaborar tal lei”, disse à imprensa o deputado Valeri Sháposhnikov ao final de uma reunião da comissão de Recursos Humanos do Conselho Municipal de Moscou. O deputado explicou que o Legislativo de Moscou convidou para participar na redação da lei os expertos do FSB, segundo a agência Interfax.

Yuri Jolodni, professor catedrático da Académia do FSB explicou por sua vez que na Rússia, ao igual que em outros paises , numerosas empresas já aplicam a prova do polígrafo aos solicitantes de emprego , mas que essa prática carece por agora de uma base legal.

Jolodin disse que na Rússia se realizam cada ano mais de 45.000 provas com o detetor de mentiras , sobre tudo para os aspirantes e cargos dirigentes em grandes companhias que temem ser objeto da espionagem industrial .

Jolodin afirmou que o uso do polígrafo para os solicitantes de emprego não contradize a Constituição russa porquanto esse é um “método voluntário” e depende do solicitante aceitar ou não a prova. Resta adicionar que se as respostas do candidata forem admitidas falsas, ou ele negar da prova a administração poderá recusar emprego.

 Pravda.ru 


Loading. Please wait...

Fotos popular