Pravda.ru

Notícias » unknown


G U E R R A E J U S T I Ç A

28.01.2003 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

No decorrer de séculos o homem viu a injustiça vencer. Usando varias justificativas, os poderosos sempre conseguiam alcançar os seus objetivos deixando para traz milhares de vitimas inocentes!

O raciocínio do poderoso no decorrer dos séculos não se modificou. Sou mais forte, milhares de vezes mais e por conseguinte dito as regras, que me dão todas as vantagens e depois é só recolher os frutos.

Tudo isso vinha acontecendo há séculos até que no ultimo vimos dois poderosos, mas que na realidade era só um, se enfrentarem em uma guerra que se chamou de “fria”. O mais poderoso, que era o mais agressivo continuou nesse século a cometer muitas invasões em paises independentes, apoiou as ditaduras que massacravam os povos (como por ex. o Chile) e muitas injustiças mais.

Relativo ao terrorismo, já nessa época essa nação cometia o que poderemos chamar de “terrorismo de estado”.

Os primeiros sinais, apesar de fracos, da existência de uma justiça fora do alcance das mãos dos homens começaram a aparecer!

Vimos os Norte Americanos perderem na Coréia quando, apesar de decidirem e comunicarem ao mundo que iriam unir as “Coréias” com o apoio de seus aliados, não conseguiram e precisou muito da ajuda da “mídia” a fim de não saírem desmoralizados. Como a lição foi pequena para ele, o gigante resolveu com uma mentira confessada mais tarde invadir e bombardear uma nação - até com bombas químicas que até hoje continuam a fazer vitimas. Depois de matarem milhares de mulheres e crianças e destruir a nação, foram vencidos pelo que sobrou desse povo, que soube derrotar e expulsar o poderoso, que fugiu desordenadamente de sua pátria.Refiro-me ao Vietnã!

O poderoso depois de alguns anos, depois de cicratisadas as suas feridas continuou a intervir em outras nações, criando sempre problemas para os que sonham com a paz! Chegamos ao outro século e no dia 11-9-01 aconteceu algo que NUNCA tinha acontecido em TODA a historia do Mundo!

O poderoso foi atingido no seu coração e demonstrando uma indiferença que não tinha e uma incompreensão pelo que acontecia, tentou continuar a agir como sempre os poderosos agem!

Ameaças foram feitas e publicadas milhões de vezes na mídia do mundo inteiro, o presidente apareceu na TV e foi fotografado milhares de vezes com o ar de triunfador, olhar arrogante e sorriso de desprezo, sempre prometendo arrasar o infeliz que ousou tocar no invulnerável, no intocável, no super poderoso, com suas armas, as mais modernas do mundo e disposto a transformar o seu inimigo em pó, caso necessário, a fim de manter a sua ordem!

Dias depois de destilar o seu ódio, manda atacar o país escolhido por ele, para ser a primeira vitima.

Depois de dizer saber o nome de TODOS os culpados e chegar a mandar publicar os seus retratos na mídia mundial, não manda prende-los e julga-los, usando suas especiais tropas, que conseguem até prender presidentes eleitos dentro de seu próprio país, como aconteceu no Panamá!

Devedor, com a ajuda que recebeu dos fabricantes de armas para a sua eleição, avisa-os que grandes pedidos de armas e munições serão feitos a fim de não prender e julgar uns criminosos conhecidos, mas para destruir mais um povo que teve a ousadia de o desafiar. Mas eis que acontece um fato antes inimaginável, e o anão-o David atual, se torna instrumento de vingança para TODOS os que acreditam na justiça!

O poderoso de repente sente que não manda mais no jogo que entrou. Depois de ameaçar e bombardear, bombardear e ameaçar recebe como resposta, uma das duas situações que apresentei em meu artigo de 11-9-01 e que deveriam acontecer depois: Os Estados Unidos, conscientes de sua vulnerabilidade, deixaram o mundo em paz e assim poderão viver com ela!

O poderoso começa a reconhecer a sua derrota e já promete começar a cumprir as exigências de seu inimigo. Bin Laden disse: “Juro por Deus que a América nunca mais sonhará e não viverá em paz até que a paz reine na Palestina...” E os Estados Unidos, que a dezenas de anos observam o massacre do povo palestino por Israel, que não quer devolver as terras ocupadas pertencentes aos palestinos, resolve de repente informar ao mundo que obrigará Israel a cumprir as resoluções números 242 e 338, justamente essas que por não serem obedecidas já causaram a morte de milhares de mulheres e crianças palestinas, assim como algumas judias. Nos dezenas de anos, que os palestinos pediram e imploraram nada foi feito, mas agora com os Estados Unidos sentindo um pouquinho o que é uma Guerra, eles resolveram pelo menos prometer fazer justiça com esse povo tão menosprezado, massacrado e assassinado!

O poderoso já compreende a situação e na nossa gíria, “pede pinico” ao declarar: “O que eles querem mais? Nos ferem, nos matam (sobre o ataque aos edifícios gêmeos) e agora, não satisfeitos, nos impedem de ir trabalhar, divertir ou mesmo nos locomover (relativo à guerra química e biológica)”.

Logicamente depois vem a ameaça mesclada de promessas, de resoluções de problemas pendentes no mundo e desprezados até a pouco tempo por ele! Estamos agora numa encruzilhada!

1.Ou o presidente Bush passa a reconhecer que no mundo existem poderes além da nossa imaginação e que a Justiça é a principal lei de DEUS (pois onde não há justiça, não existe AMOR e compreensão) e da uma virada de 180 graus na sua administração, dando mais possibilidades as pombas , destruindo os falcões, deixando as fabricas de armas falirem, mandando os seus proprietários plantarem flores!

2.Ou o presidente fica louco e destrói o mundo, depois de comprovar a sua incapacidade de abafar o seu ódio e seu complexo de inferioridade!

AMAR PARA SER AMADO! A ESPERANÇA DO NOSSO MUNDO!

Armando Costa Rocha

 
5977
Loading. Please wait...

Fotos popular