Pravda.ru

Notícias » unknown


A EXPLORAÇÃO DA FÉ ISLÂMICA

25.03.2004 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

Ambas são datas trágicas, dos maiores atentados terroristas nos EUA e na Espanha. Um saldo de quase três mil mortos para os americanos e mais de duzentos mortos e centenas de feridos do lado espanhol.

Cruel? Trágico? Quem poderia usar atentados terroristas para matar civis inocentes? A resposta seria: Os fanáticos do Islã; Os malucos, assassinos da Al Qaeda, servos do demônio, adoradores de Satã. São exatamente os responsáveis pelos ataques terroristas, que a data apocalíptica 11 tem em comum.

Classificados pelo ocidente como fanáticos seguidores do Diabo, doentes e etc.. A rede terrorista Al Qaeda, liderada pelo saudita Osama Bin Laden, é o maior e mais organizado grupo extremista, com milhares de militantes e mártires dispostos a se sacrificar pela causa islâmica.

Graças á mídia ocidental, Osama Bin Laden, fanáticos e mártires assassinos de civis inocentes estão definidos como “islâmicos”. O que os EUA e a mídia serviçal estão fazendo contra os países árabes é muito sério. Não podemos rotular a cultura milenar dos árabes e a religião islâmica como um bando de fanáticos da turma do mal.

Os EUA, desde que Bush usou de pretexto o 11 de setembro para atingir seus objetivos imperialistas no Oriente Médio, tem se empenhado, e muito, para manipular informações, fazer guerras estratégicas e convencer a mídia que os grupos extremistas são os culpados pela onda de terrorismo e pelo mal no mundo!!! Santo Deus!! Em pleno século XXI, Bush se acha um representante de DEUS para acabar com os adoradores de Satã (Bin Laden e seus seguidores) Isso é o que Bush quer que pensamos, mas o verdadeiro alvo de Bush é “democratizar” o Oriente Médio, acabando com a religião islâmica, se apossando dos recursos naturais (petróleo), assaltando suas terras e explorando o povo árabe.

O interessante nessa jogada entre Ocidente vs. Islã é justamente a cobertura parcial que a mídia está fazendo no Oriente Médio. Atentados na Espanha? Atentados nos EUA? Veja como os pobres americanos e espanhóis são endeusados pela mídia, enquanto iraquianos, palestinos, afegãos são cidadãos de um submundo da miséria, da ignorância e do fanatismo religioso. Se perguntar não ofende: O que americanos ou espanhóis, vítimas de atentados terroristas valem mais do que palestinos e iraquianos mortos pelos soldados israelenses e pelas tropas aliadas?

Quando morre um ianque, ou um ocidental, os jornais estampam em primeira página: Vítimas do fanatismo religioso e do terrorismo. Mas ninguém na mídia questionou o fato de Bush usar as palavras: Bem, Cristão e DEUS para guerrear contra o mal, incrivelmente personificado na figura de Saddam Hussein e milhares de civis iraquianos inocentes como aqueles americanos que morreram no 11 de setembro. Agora quando morrem civis no Iraque e na Palestina é só uma notinha pobre no jornal.

Notaram como a mídia tendenciosa ocidental cobriu os atentados de 11 de setembro e 11 de março? Quem poderia fazer um ato de tanta crueldade? Pela grande mídia foram os seguidores de Bin Laden, mas omitiram o verdadeiro culpado. O responsável pelos ataques terroristas nos EUA e Espanha é o mesmo que invadiu o Afeganistão, invadiu o Iraque matando milhares de civis inocentes, deixando inúmeros feridos e aleijados, órfãos, viúvas, várias famílias destruídas em nome da ganância e do imperialismo dos EUA e de seus aliados : Espanha, Portugal, Inglaterra, Austrália, Dinamarca e um número de países do Leste Europeu que estão dominados totalmente pelo império do Mal – o império Ianque.

As vitimas dos atentados terroristas não são apenas os americanos, ou espanhóis. Os árabes são vitimas da ignorância, preconceito e de uma propaganda falsa jogada pela mídia ocidental e aglutinada diariamente por milhares de leitores e telespectadores em todo o mundo.

Michele MATOS PRAVDA.Ru

 
3961
Loading. Please wait...

Fotos popular