Pravda.ru

Notícias » unknown


MAIS UM ATO DITATORIAL NA DEMOCRACIA NORTE-AMERICANA

21.05.2003 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

Como podemos ver, a escritora Susan Sontag, tão preocupada com a falta de democracia e liberdade em Cuba, esquece que no seu país, os Estados Unidos, cada dia que passa, mais a ditadura aumenta. Não o tipo de ditadura cubana, mas o tipo americano; enganador, fingido e totalmente desrespeitador das leis internacionais.

Não é Cuba que não reconhece o Tribunal Internacional de Haia! Não é Cuba que não aceita o Protocolo de Kioto! Não é Cuba que não respeita as decisões da ONU! Não é Cuba que interfere nos assuntos internos de outros países!

Por conseguinte, não consigo compreender o por quê Susan Sontag tem a ousadia de atacar a integridade do escritor Gabriel Garcia Márquez, simplesmente por ele não ter condenado o fuzilamento de três agentes da CIA, que roubaram um barco e tentaram fugir para Miami, esquecendo das centenas de ações ilegais e criminosas do seu próprio governo.

Combato toda a ilegalidade e crimes, seja da esquerda ou direita, mas não aceito que a imprensa, escritores e autoridades norte-americanas só condenem crimes em outros países, já que o mundo todo sabe que elas são os maiores desrespeitadores da lei no mundo.

Escritoras como Susan Sontag deveriam parar de ser ridículas, ao chamarem a atenção de outros escritores, que por índole passiva, não a chamam e ao seu governo, de adoradores do diabo. Estamos e estaremos sempre do lado oposto dos povos que amam a guerra!

Armando Costa Rocha PRAVDA.Ru BRASIL

 
1527
Loading. Please wait...

Fotos popular