Pravda.ru

Notícias » unknown


Versão de papel da Pravda.Ru

20.03.2004 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

Caros Senhores,

Meu nome é Samuel, sou angolano e trabalho entre Angola e Moscovo, tendo estudado na Rússia. Imagine minha surpresa quando deparei com Pravda.Ru – e não as outras “Pravdas” – em papel, em Moscovo no mês passado.

Tinha um grande artigo por Timothy Byelo acerca do julgamento de Milosevic e meus amigos russos disseram que Timothy é um herói popular na Rússia. Por isso me leva a crer, é vosso?

Um abraço de solidariedade, como vocês costumam dizer!

Samuel Correa

Olá Samuel,

Obrigado pela sua carta e obrigado pela sua observação. Sim, Pravda.Ru existe já em papel, com um número limitado de exemplares, só em Moscovo, desde Setembro passado.

Sendo nós a “verdadeira” Pravda, chamado Pravda.Ru por causa de estarmos na Internet neste momento, temos a obrigação de apresentar uma versão em papel e é isso que o Samuel viu.

Um pormenor, Timofei BYELO é correspondente da Pravda.Ru, vive em Moscovo e é Director das Relações Públicas da Versão Portuguesa, escrevendo para esta versão acerca de eventos na Rússia. O artigo que Samuel viu foi escrito por mim, Timothy Bancroft-Hinchey.

Dizer que sou um herói popular na Rússia seria um exagero, pois a grande maioria das pessoas nem sabem que existo, quanto mais lêem meus artigos mas sim, em cada jornal impresso aparece um editorial meu…alguns devem gostar, outros não. Para ser franco, nem me interessa se gostam do conteúdo daquilo que escrevo, porque escrevo o que sinto, não necessariamente aquilo que as pessoas querem ouvir.

Não se pode ser mais honesto que isso.

A versão portuguesa terá em breve uma nova face, mais parecida às versões em inglês e russo (em resposta a outro ponto no resto da sua longa carta) e também estamos a angariar fundos para uma versão impressa, que incluirá notícias acerca da Federação Russa e o mundo lusófono, além da nossa linha editorial.

De facto, notamos que nossa linha de interesse nos países de expressão portuguesa, providenciando uma página a cada um, reflectiu uma linha de pensamento na imprensa, visto que há já várias publicações abertas (ou prestes a abrir) sobre este tema.

Ficamos felizes, pois quanto mais publicidade a África tiver e quanto mais informações as pessoas tiverem sobre os seus irmãos que falam a mesma língua, melhor, porque mais solidários ficarão.

Um grande abraço de solidariedade e de amizade para si.

Timothy Bancroft-Hinchey Director e Chefe de Redacção Versão Portuguesa da Pravda.Ru

 
2625
Loading. Please wait...

Fotos popular