Pravda.ru

Notícias » unknown


LULA E SALMAN RUSHDIE

19.05.2003 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

Interessante matéria, onde podemos analisar o significado do raciocínio de um simples presidente e o de um intelectual.

O presidente Lula, em uma de suas inúmeras e profundas analises da situação na América Latina, declara: “Não agüento mais presidente latino-americano ficar jogando culpa das desgraças do Terceiro Mundo no imperialismo. Isso é uma bobagem”.

Naturalmente, depois de uma declaração dessa, qualquer pessoa que acompanha, desde as varias invasões norte-americanas na América Central a dezenas de interferência nos governos latino-americanos, inclusive com assassinato de alguns de seus lideres; não deixará de pensar, não querendo ofender, mas já ofendendo, que temos um presidente ignorante.

Não precisamos nem dizer ao Lula, que os norte-americanos vivem como vampiros, chupando o sangue dos latino-americanos a muito e muito tempo!

Nenhum país é tão prejudicado no mundo, como são os países latino-americanos com, por exemplo, protecionismo usado pelos norte-americanos contra o comercio exterior desses países. Chega-se a conclusão de que, um escravo que protege o patrão, não é digno de ser considerado. Agora vamos falar do intelectual escritor indiano Salman Rushdie!

Podemos até discordar dele em alguma matéria, mas sente-se logo que estamos tratando com um intelectual e como tal, com quem não fala só para dizer que sabe falar, mas, com quem analisa situações com profundidade e que é homem suficiente para acusar quem merece ser acusado! O escritor critica o extremismo religioso e inclui Bush (amigo do Lula) e Cheney no eixo do mal; lamentando a inexistência da oposição nos Estados Unidos.

Sobre religião, ele comenta que “há um poder letal na religião, muita coisa terrível é feita em seu nome. Há padres católicos que abusam de crianças, mulas corruptos dentro da estrutura islâmica, neofacistas hindus.”

No eixo do mal Rushdie coloca também uma das figuras mais maléfica, que faz parte do governo Bush; o secretario de Defesa dos Estados Unidos, Rumsfeld!

Acabo de ler uma nota no “O Globo” do dia 17-5-2.003 que ajuda a compreender, até por intermédio do jornal que hoje apóia incondicionalmente o presidente, o seu valor “intelectual”: Em um encontro com diretores do Banco Mundial: “ Descontraído Lula começou a falar de improviso (fato raríssimo): “Estou devendo um churrasco ao presidente do Banco Mundial quando ele vier aqui.” Creio que depois disso, posso repetir a frase: O Brasil não merecia isso!

Armando Costa Rocha Pravda.Ru BRASIL

 
2681
Loading. Please wait...

Fotos popular