Pravda.ru

Notícias » unknown


BANDEIRA DA IGUALDADE

17.11.2003 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

A igualdade é o conceito mais ultrajado. O que é válido para os donos do mundo, não vale para o resto da humanidade. As leis e regras precisam valer para todos em absoluta igualdade. Os habitantes dos países líderes podem transitar por todo planeta.

Os demais, não podem. Predomina fortemente o culto de classes sociais identificadas pelos padrões externos de riqueza. Quanto maior for o poder econômico de uma pessoa, sua valorização cresce. Quanto mais esfarrapado vale menos. A comparação pelo fator dinheiro é extremamente limitada.

Subverte os valores. Inferioriza a humanidade. Aprofunda a desigualdade. Não se pode ir contra o talento e a capacidade individual em realizar mais que outro. Essa diversidade econômica auxilia o desenvolvimento da humanidade. Independente de mais dinheiro ou menos, mais poder ou menos, mais importância ou menos, a missão da humanidade é promover a melhoria de qualidade de vida de todos, através da participação individual na construção do tecido social. O objetivo a ser alcançado é o bem-estar da humanidade.

Depois que todo ser humano garantir condições básicas para seu relacionamento e vida social, ser mais ou menos rico não será fator de desequilíbrio entre as pessoas. Existe um fator estrutural preponderante: quanto mais estiver preparado, maior é a possibilidade de sucesso de cada habitante. Entre um rico e um pobre, quem dispõe de melhores condições de preparo? Entre um rico e um pobre, quem reúne maior probabilidade de vencer na vida? O grande desafio a ser equacionado é o desequilíbrio produzido pelas desigualdades. Isto afeta a segurança e o bem-estar de todos.

Quem são os bons? Quem são os maus? Quem são os vencedores? Quem são os perdedores? A maioria dos que sofrem restrições econômicas e principalmente emocionais tem mais chance de pertencer ao time dos perdedores. A igualdade começa na preparação e educação. A igualdade começa no respeito e consideração à diversidade emocional de cada pessoa. A igualdade começa na essência da humanidade.

Esta Bandeira da Igualdade está sendo exposta como uma diretriz da Nova Constituição do Planeta Terra.

Você concorda? Não? Proponha suas objeções. Sim? Passe a idéia para frente.

Orquiza, José Roberto

52 anos, consultor de marketing, autor dos livros Jogo da Vitória, Editora Juruá; Dez Lições de Sucesso, Editora Posigraf; Fato ou Boato, Você Decide, Ieditora. Formação: Filosofia e Ciências Econômicas. Especialização: Análise Empresarial. Contato: workisa@onda.com.br

 
2606
Loading. Please wait...

Fotos popular