Pravda.ru

Notícias » unknown


A mão silenciosa da ONU

17.03.2004 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

O Conselho de Segurança foi desrespeitado pelo regime arrogante de Bush, que utilizou a expressão “Liga de Nações” para aumentar o grau do insulto, aludindo à impotência da organização que não conseguiu impedir a eclosão de guerra no século passado, reclamando simultaneamente da falta de acção e de determinação da ONU. Contudo, a vasta maioria das acções desta organização são desconhecidas e nem sequer são notícia.

Não há dúvida que a maioria das nações tomam a ONU como dado adquirido, embora os seus programas de apoio alimentar salvaram milhões de pessoas de morrerem a fome, os seus programas educacionais levaram a vidas cheias e alegres para milhões de crianças nascidas em ciclos de pobreza endémica, seus programas culturais juntaram milhões de pessoas, aumentando a compreensão e diminuindo a possibilidade de conflito e suas políticas de gestão de crises resolveram questões bem mais difíceis que a situação no Iraque sem sequer uma única baixa humana.

Um bom exemplo de como a ONU trabalha sossegada e silenciosamente é sua campanha contra o terror. Não há invasões militares, nem lançamentos de mísseis, nem bombas de fragmentação em áreas civis.

A ONU nomeou seis homens e duas mulheres para constituírem seu painel para monitorizar as sanções contra organizações terroristas, constituído em Janeiro pelo Conselho de Segurança.

A Equipa de Monitorização de Sanções e de Apoio Analítico tem mandato para 18 meses e irá depender directamente do Conselho de Segurança, relatando progressos na implementação das sanções contra organizações terroristas, como Al Qaeda e os Taleban.

O Painel irá coordenar a legislação contra o terrorismo e operações financeiras, irá inspeccionar as contas de organizações de caridade e transacções internacionais e irá aumentar a actividade contra o tráfico de drogas e de armas.

Os membros são Stanislav Frolov (Federação Russa), Richard Barrett (Reino Unido), Wilson Kalumba (Zâmbia), Christine Lee (Singapura), Ashraf Mohsen (Egipto), Lynne Walker (Austrália), Franck Kasbarian (França) e Gary Peters (EUA).

Timothy BANCROFT-HINCHEY PRAVDA.Ru

 
2195
Loading. Please wait...

Fotos popular