Pravda.ru

Notícias » unknown


O imbróglio…

15.04.2004 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

Hoje, todo o Mundo sabe que essas armas não existem, o que faz de Mr. Bush um mentiroso a nível mundial.

Baseado nessa enorme mentira, fez uma guerra desrespeitando todas as outras Nações do Mundo e o próprio Direito Internacional.

Colocou-se, assim, à margem da Lei e do Direito Internacional. Transformou-se num marginal, portanto.

Mas, pior do que isto, tentou fazer crer aos cidadãos dos EUA que essa guerra iria ser breve e o derrube do ditador Sadam e a posterior pacificação do Iraque eram “favas contadas”.

Mais uma vez mentiu. O Iraque não está pacificado nem se vê jeitos de que o esteja em breve.

Bem pelo contrário, Mr. Bush já ali sacrificou, nessa guerra assente na mentira, mais de seiscentos filhos da Pátria de Lincoln.

Numa guerra com um ano de existência, Mr. Bush , com a sua política, já ali fez morrer mais soldados americanos que os soldados americanos que morreram no primeiro ano da guerra do Vietname.

Penso que, por esta razão, ou também por esta razão, Mr. Bush irá, certamente, responder perante o Povo Americano.

Quanto mais não seja, pelos votos. Aqueles que deixará, certamente, de receber nas próximas eleições.

Mas a intervenção americana no Iraque serviu para pacificar, ao menos, aquela região?

Nem pensar.

Os ódios extremaram-se, os fanatismos religiosos exacerbaram-se e os outros Países da região estão agora mais inseguros que nunca antes.

Até os outros Países do Mundo passaram a ter problemas que pensavam não vir nunca a ter. Veja-se o caso dos civis de muitas nacionalidades raptados. Mas ainda há mais!

O Irão teocrático dos ayatolas esfrega as mãos de contente, apoiando Al Sadr um fanático religioso iraquiano e a sua guerrilha na mira de ter no Iraque um regime idêntico ao seu. Se estávamos mal, pior ficamos….

Mas as tropelias de Mr. Bush não se ficam por aqui.

Numa arrogância digna de um qualquer “Senhor absoluto”, desrespeita as Convenções Internacionais como é o caso da Convenção de Genebra sobre prisioneiros de guerra ao manter detidos, sem quaisquer direitos nem assistência jurídica na base de Guantanamo centenas de homens que lutaram contra as suas tropas.

Muitos dos que foram julgados em Nuremberga também eram acusados deste crime.

E foram punidos por ele.

E como vai agora Mr. Bush conseguir sair do Iraque de cara levantada?

Nem daqui a mil anos os iraquianos perdoaram a Mr. Bush e aos americanos a invasão e ocupação do seu País.

Mr. Bush arranjou um imbróglio que agora, mesmo para sais, vai se ver da cor dos gatos pardos. Mas será, ao menos, que a democracia foi implantada no Iraque?

Pelo que se está a ver, democracia não.

Mas uma coisa que se escreve quase com as mesmas letras, sim. Demónio….cracia!!!

Uma situação dos diabos….

George

 
3003
Loading. Please wait...

Fotos popular