Pravda.ru

Notícias » unknown


ENSINARAM TUDO ERRADO

14.02.2005 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

Através de uma pesquisa qualitativa, a Cartier norte-americana descobriu três anseios fundamentais das pessoas: amor, fidelidade e amizade verdadeira. Parece óbvio. É esdrúxulo.

Se as pessoas, lá no escondido de seu íntimo, desejam estes valores é porque não os encontram no cotidiano.

Cada pessoa aprende a ser extremamente egoísta, individualista, mesquinha. Desde cedo a ensinam competir para vencer. Mesmo com as derrotas. Todos aprenderam que os desafios existem para serem superados, de uma forma ou de outra. Como estas pessoas podem aprender o amor?

De outro lado, ensinam arduamente a infidelidade. Até na vida sexual. Hoje é absolutamente retrógrada a convivência com um único parceiro. As pessoas aprendem que devem se cuidar contra o HIV e a gestação indesejada. Aprendem que devem transar com preservativo, inclusive entre o próprio casal. E por aí afora. Como estas pessoas podem aprender a fidelidade?

Para completar, as pessoas aprendem a amizade de conveniência. É preciso levar vantagem em todas as trocas. Todos os amigos são circunstanciais. Duram enquanto for bom para ambos. Não é assim que todos aprendem? Como estas pessoas podem aprender a amizade verdadeira?

No fundo todo ser humano, sem exceção, pode ser uma excelente pessoas. No fundo todo ser humano possui um potencial fantástico de realização e intercâmbio social. No entanto, o ambiente é terrivelmente destrutivo.

Boa parte das pessoas procura responder de acordo com o que os outros esperam dela. Compra o carro para ser aprovada pelo seu meio circundante. Escolhe uma roupa para obter a aprovação do grupo. Infelizmente são pessoas vazias. Mudam de opinião ao bel prazer do impacto da moda. Para elas, tanto fez como tanto faz desde que nada interfira no seu status quo.

Como é possível resgatar o lado bom da humanidade?

Os que tentaram esta proeza morreram crucificados, queimados, esfoliados.

Os que tentam são chamados de loucos, idiotas, utópicos.

Mesmo que a pesquisa qualitativa mostre a verdade, a humanidade aceitou o jogo da exclusão. Aos perdedores, a lata do lixo.

É isto que os americanos fizeram no Afeganistão e estão fazendo no Iraque. A situação atual no Afeganistão não difere em nada do tempo dos talebans. Fizeram um belo jogo de propaganda para o mundo pensar que houve um grande avanço humano quando a realidade é a mesma de sempre.

Rumsfeld tentou alegar na semana passada, dentro do Iraque, que os americanos não eram ocupantes e sim libertadores. Nesta altura do campeonato, ele simplesmente reconhece publicamente o que o mundo inteiro tem certeza. Os americanos são invasores. Não havia as armas de destruição em massa. Não havia justificativa para o massacre pirotécnico.

Nenhum país civilizado pode invadir a nação que desejar. Da mesma forma que nenhum de nós pode invadir a casa de nosso vizinho a título de mera suspeição.

Os americanos estão ensinando tudo errado.

Até quando a humanidade vai aceitar tanto disparate?

O anúncio da Cartier diz o seguinte:

Love, fidelity, friendship. Three bands. Three golds. One trinity. Cartier.

Orquiza, José Roberto escritor workisa@hotmail.com

 
3333
Loading. Please wait...

Fotos popular