Pravda.ru

Notícias » unknown


A Guerra diplomática com a Síria começou!

11.04.2003 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

O governo americano acusa o país de ajudar as milícias de Saddam Hussein a fugir, e anteriormente Donald Rumsfeld declarou que o país enviava ajuda militar ao Iraque, junto com a Rússia.

Essa guerra de informações é uma das preferidas táticas sujas do governo americano de acusar os países que são contra sua política exterior. Com essas manobras a administração de George Bush, prepara a opinião pública americana e seus orgãos de imprensa a convencer o mundo que esses países representam uma ameaça ao povo americano. Sendo o país que mais armamentos e equipamentos de guerra possui, e sendo o país que gasta 400,00 bilhões de doláres com o orçamento militar, é realmente irônico como o Irã, a Síria e a Córeia do Norte possam ser tão ameaçadores.

A Síria foi contra uma ação militar americana no Iraque o que foi o suficiente para Dick Cheney e Donald Rumsfeld e sua tropa incluírem a Síria no "eixo do mal".

Segundo Donald Rumsfeld: “Nós estamos obtendo fragmentos de informações de inteligência que a Síria tem cooperado para facilitar a saída de pessoas do Iraque em direção a Síria”.

Donald Rumsfeld fez outra observação absurda, quando mandou os países do "eixo do mal" (Síria, Irã, Córeia do Norte) aprenderem com o Iraque.

Se os EUA acreditam que podem desencadear guerras em favor dos seus interesses económicos, isso os levará a uma grande crise diplomática com os outros países e a intolerância da população mundial. Que fique claro, a Síria é um dos mais importantes países países da Liga Árabe, o Irã é um dos principais parceiros da Rússia, a Coreia do Norte fica em uma região estratégica, perto da China. Logo, não é lógico tratar esses países como o Iraque, que já estava devastado pela fome causada não pelo regime de Saddam Hussein, mas pelo embargo económico.

Ontem em Nova York, o embaixador americano na ONU, fez questão de afirmar que a crise nuclear com a Coreia do Norte será resolvida por meios diplomáticos.

Com essa declaração é obvio que os EUA só fazem questão de atacar países miseráveis para demonstrar sua força "bélica". Essa força que já foi derrotada pelos vietcongues na Guerra do Vietnã.

Michelle MATOS PRAVDA.Ru BRASIL

 
2324
Loading. Please wait...

Fotos popular