Pravda.ru

Notícias » unknown


Sinais dos Tempos

10.10.2005 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

Entre todos os seres existentes nenhum se compara ao homo predator. Originou-se do homo sapiens sapiens há 10 mil anos atrás.

Trata-se de um ser extraordinariamente vulnerável. Sobrevive graças à atmosfera terrestre, no fundo de um mar de nitrogênio e oxigênio protegido pela redoma da camada de ozônio.

Qualquer alteração nos níveis de oxigênio terrestre pode provocar um desequilíbrio gigantesco em todo o planeta. Infelizmente, a capacidade destruidora da humanidade já acendeu o estopim da grande catástrofe.

A atmosfera terrestre apresenta dois grandes furos na camada de ozônio, situados sobre os pólos sul e norte. Nestas áreas não existe mais a filtragem dos raios UV-B solar. Eles ampliam o degelo das calotas polares. Afetam os plânctons marítimos, prejudicando o equilíbrio alimentar da vida nos oceanos. Causam cânceres de pele. Alteram os equilíbrios climáticos. E por aí em diante.

Para se ter uma mera noção da vulnerabilidade do planeta, calcule que a temperatura na termosfera, 80 quilômetros acima do nível do mar, ultrapassa mil graus centígrados.

O planeta está protegido por três redomas. A primeira na altura de 10 mil quilômetros do nível do mar. A segunda, a 50 quilômetros. E a terceira, a 80 quilômetros. Estas camadas preservam nosso equilíbrio ambiental.

Na superfície do planeta, o homo predator continua produzindo monóxido de carbono à vontade, continua queimando florestas e mais florestas, continua sujando o planeta com toneladas e mais toneladas de detritos danosos para o meio-ambiente.

Os Estados Unidos lideram com folga o processo de destruição do planeta. Não assinaram o Protocolo de Kyoto. Não se importam com a humanidade. Poluem à vontade em defesa de seus interesses mesquinhos.

O planeta precisa recuperar com a máxima urgência a produção de oxigênio, plantando árvores e mais árvores, sem parar. O planeta precisa parar com a poluição atmosférica de uma vez por todas. O planeta precisa recuperar a humanidade perdida enquanto dispõe de tempo.

Enquanto ninguém faz nada, os acidentes climáticos vão se acelerar espantosamente.

As condições atuais são propícias para promover a destruição total da vida animal e vegetal. Talvez as bactérias se salvem e pouco a pouco consigam recuperar a atmosfera.

Onde os humanos escondem suas inteligências e sensibilidades?

Como os poderosos vão conseguir preservar suas fortunas?

Quando o homo predator vai se transformar em homo humanus?

Alea jacta est! A sorte está lançada (Júlio César).

Orquiza, José Roberto escritor workisa@hotmail.com

 
2859
Loading. Please wait...

Fotos popular