Pravda.ru

Notícias » unknown


Ocidente versus Oriente

08.08.2004 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

A predominância do ocidente em termos económicos e militares irá provocar uma reunião dos estados islâmicos e vai apresentar perigos no próximo futuro.

Michelangelo dizia que mortais não conseguem produzir a harmonia na terra porque não sabem. As pessoas tentam sempre provar que as suas ideias ou religião é melhor que as crenças do outro, que as suas leis são superiores.

Ao contrário das leis escritas, livros sagrados providenciam respostas a perguntas fundamentais, além de muito ambiguidade, mas estes livros estão baseados na palavra da mente suprema, que não é acessível a todos.

A tragédia do 11 de Setembro fez com que os Ocidentais olhassem para o Oriente de forma diferente, temendo ataques terroristas, criando o problema da integração do islamismo e cristianismo nos valores espirituais ocidentais e orientais. A história demonstra que uma integração voluntária não vai acontecer e ensina-nos que a força das armas predomina sempre. A actual expansão de valores religiosos, económicos e políticos ocidentais para o oriente irá inevitavelmente levar a conflito, fará com que os estados islâmicos se juntam frente à ameaça. As guerras no Iraque, Chechénia e Palestina irão trazer algo pior do que dificuldades económicos, irão destruir a razão e o senso comum. Já hoje dezenas de países estão confrontados com a ameaça de terrorismo internacional, sem se aperceberem das consequências. O fundamentalismo islâmico é a reacção daqueles que vêem na expansão dos EUA uma ameaça, é uma reacção contra os valores ocidentais, contra a ocidentalização da vida islâmica. A disparidade económica e social é considerada resultado duma incursão ocidental no oriente. Os líderes dos EUA e da Europa ocidental por sua vez falam na defesa de direitos humanos e democracia. No entanto nunca tiveram receio de tomar o lado de regimes autoritários se protege os seus interesses. O Papa João Paulo II disse recentemente que os EUA enfrenta perigos como nunca antes enfrentou. Muhammad Sid Ahmed, o analista egípcio, defende que o Islão tem todas as características para enfrentar o domínio da ocidentalização. Ensina as pessoas como reagirem frente à invasão dos males da televisão com mulheres nuas, ocultismo, propaganda e “reality shows” que mostram como sobreviver ao detrimento do próximo.

Para os fiéis, defende, tais programas e valores são repugnantes. O mundo de consumismo, a indiferença para com os sentimentos do próximo, drogas e álcool parecem ser as prioridades para muitos no mundo ocidental. A Humanidade parece estar lentamente a eliminar as diferenças entre animais e seres humanos.

Yaras VALUKENAS PRAVDA.Ru

 
2705
Loading. Please wait...

Fotos popular