Pravda.ru

Notícias » unknown


O DIA “D”, E O MUNDO HIPOCRITA EM QUE VIVEMOS

07.06.2004 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

Recomendo aos que estão em duvida, para lerem a correspondência trocada entre o primeiro ministro inglês Winston Churchill e Stalin, quando os meus caros leitores, depois de analisarem, chegarão à única conclusão, de que a França e o resto da Europa ocupada, poderiam ser libertados muitos anos antes, caso, no outro lado do canal não existissem os covardes anglo-saxões, que hoje celebram o dia “D”, que bem poderia se chamar de: o dia em que os anglo-saxões resolveram agir, para que não encontrassem o Exercito Vermelho já em Paris.

O predomínio do poder econômico, com sua gigantesca maquina propagandista, transformaram os covardes em heróis que tentam apagar a figura do verdadeiro vitorioso da 2ª. Guerra Mundial, o glorioso Exercito Vermelho.

Eu, em nome das pessoas honestas de nosso mundo, das pessoas que condenam os fascistas norte-americanos que continuam ocupando, torturando e massacrando o povo iraquiano que só quer a liberdade de ser o que quer e como quer e não quer ser direcionado por nenhuma nação do mundo.

A Liberdade do mundo está sendo apresentada como resultado da querência da potencia mais belicosa, bárbara e agressiva do mundo, desrespeitadora das leis internacionais e em especial dos direitos dos homens.

Falo agora também em nome do povo iraquiano, que gostaria, assim como aconteceu com a Europa, de ser libertado, se não pelo Exercito Vermelho, pelo menos pelos povos amantes da PAZ e da LIBERDADE. Só peço a DEUS que os homens decentes de todo o mundo se unam e derrotem os falsos libertadores de nações.

Que tenhamos no futuro, um verdadeiro dia “D”, e não a explora;ao do homem pelo próprio homem, nesse show ridículo e desclassificante.

Armando Costa Rocha PRAVDA.Ru BRASIL

 
1806
Loading. Please wait...

Fotos popular