Pravda.ru

Notícias » unknown


Resistência heróica do povo soviético

06.03.2006 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

Amigos,

Assisti ontem a um documentario norte-americano produzido durante a Segunda Guerra para informar sua populacao acerca do esforco dos Aliados.

Um filme de mais de uma hora sobre a expulsao do exercito nazista do territorio sovietico.

Algo emocionante, para dizer o menos.

Quando o povo da Uniao Sovietica resistiu em Moscou, em Stalingrado e em Leningrado, especialmente nas duas ultimas cidades, penso que sabia que se tratava de mais do que a propria sobrevivencia.

A sobrevivencia as pessoas poderiam arriscar deixando os fascistas entrar, ja que sofriam bombardeio intenso e eram privadas de tudo.

Mas, como dito, resistiram. E venceram milagrosamente. Enfrentando soldados nao propriamente sobre-humanos, mas anti-humanos.

Foi entao a propria humanidade que venceu ali.

A humanidade conhecida de todos pelos mestres russos da literatura, pelos grandes compositores, a humanidade do mais humilde e religioso campones. Seu senso, de apelo universal, do que era certo e do que era errado fazer naquele instante.

E era errado entregar-se. O sinal foi dado pelos habitantes de Leningrado e de Stalingrado ao mundo. Sim! E' possivel derrotar os temidos – e admirados por aqueles fracos ou torpes que so lhes enxergavam a arrogante superficie – nacional-socialistas!

O filme nos diz mais: as divergencias ideologicas entre EE.UU. e U.R.S.S. não foram, naquele momento crucial, capazes de impedir a admiracao dos primeiros pelos segundos e seu louvor ao heroismo sovietico. O documentario foi mesmo produzido pelo proprio governo dos EE.UU. e nao media elogios ao esforco daquele povo.

Depois se falaria menos nisso e se exaltaria mais o desembarque dos Aliados na Normandia...

A Revolucao de 1917 ja mostrara ser o russo um povo excepcional. A resistencia ao nazismo pela então União Soviética e o ter dado inicio decisivo a sua derrota confirmou isso.

O ideal nacional-socialista e o do socialismo sovietico ilustram bem o embate que se passava ali: de um lado, o ideal da pureza e da superioridade raciais, de outro o da igualdade entre os homens, levada, de modo extremo, inclusive ao campo economico.

Forte abraço, Rafael Cavalcanti Lemos

 
2341
Loading. Please wait...

Fotos popular