Pravda.ru

Notícias » Incidentes


Testes confirmam a paternidade de austríaco, pai das crianças nascidas da sua filha

29.04.2008 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

Testes de DNA mostram que o austríaco Josef Fritzl, é o pai dos seis filhos ainda vivos da mulher, afirmou a polícia na terça-feira. Fritzl que abusou sexualmente de sua filha e a manteve presa em um porão sem janelas durante 24 anos confessou a sua culpa, segundo Reuters.

Os promotores envolvidos no caso afirmaram estar investigando agora a eventual participação do homem na morte da sétima criança. Fritzl pode ser acusado de assassinato por negligência de um menor de idade.

Segundo a polícia, o homem confessou ter queimado o corpo da sétima criança quando ela morreu pouco após seu nascimento.

"Josef F. está sendo investigado por assassinato envolvendo o não provimento de ajuda", disse à Reuters Peter Ficenc, chefe da Promotoria na região da cidade de Amstetten.

Os investigadores também analisam as acusações de estupro, incesto e coerção, afirmou Ficenc.

A polícia ainda vasculhava o porão de 60 metros quadrados existente debaixo da casa do engenheiro elétrico, afirmou Franz Prucher, chefe das forças de segurança da Baixa Áustria.

O acusado compareceu diante de um juiz em St Poelten, capital da Província da Baixa Áustria, na terça-feira. A Justiça determinou que o homem continuará preso enquanto o inquérito avança.

Autoridades austríacas afirmaram que Fritzl, seguindo o conselho de seu advogado, tem se mantido em silêncio.

O caso, que lembra o de Natascha Kampusch, uma austríaca mantida presa por seu sequestrador durante oito anos, veio à tona quando a filha de 19 anos de Elisabeth ficou gravemente doente e precisou ser levada a um hospital.

 
1685
Loading. Please wait...

Fotos popular