Pravda.ru

Notícias » Incidentes


Brasileiro condenado em Portugal por matar menina de 2 anos

28.05.2008 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

A menina Angelina Podiesnyy, de dois anos de nacionalidade ucraniana, foi assassinada a socos por aquele que devia cuidar dela , Robi Gomes Galvão, de 22 anos, brasileiro. O crime ocorreu no dia 13 de setembro de 2006, em Gale, Portugal, onde moravam Robi, o irmão, a namorada dele e a menina, segundo Correio da Manhã.

Galvão foi condenado na terça-feira (27)a quase 15 anos de prisão.

A criança, filha da namorada de seu irmão, morreu depois que Galvão deu três socos em sua barriga, irritado com o choro da menina.

O brasileiro confessou o crime na primeira sessão do julgamento, realizada em 12 de junho de 2007, quando declarou-se culpado. No entanto, a pena decidida pelo tribunal de Albufeira, no sul de Portugal, foi anunciada apenas nessa semana.

Ainda de acordo com a versão divulgada pelo tribunal, o brasileiro estava jogando videogame e cuidando de Angelina quando a menina começou a chorar. Ele então levantou e deu os socos na barriga da criança. Como resultado, Angelina vomitou. Ele deu um banho na menina, trocou a roupa dela e a colocou deitada num sofá, semi-inconsciente, e voltou ao jogo.

Horas depois, a criança foi levada ao Hospital de Faro, a 30 quilômetros da cidade. A autopsia revelou lesões traumáticas múltiplas que resultaram num infarto. Os órgãos do abdômen de Angelina teriam sido comprimidos ate a coluna vertebral.

O juiz que determinou a sentença, de 14 anos e seis meses, considerou o ato como uma "uma violência extrema e inexplicável".

Caso Galvão tenha bom comportamento na prisão, Robi poderá ser liberado na metade da sentença, aos final de 7 anos e três meses.

 
1712
Loading. Please wait...

Fotos popular