Pravda.ru

Notícias » Incidentes


Tentativa de fuga da Cadeia deixa três presos mortos após troca de tiros

27.11.2007 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
Tentativa de fuga da Cadeia deixa três presos mortos após troca de tiros

Na madrugada de hoje durante uma tentativa de fuga da Cadeia Pública de Guarujá, três presos morreram após troca de tiros com a polícia na Baixada Santista. Outros três foram recapturados e um quarto homem continua foragido. A equipe de policiais que estava realizando um flagrante na delegacia sede - que fica anexa à cadeia - percebeu a movimentação suspeita nos fundos da carceragem e surpreendeu os detentos em fuga.

Segundo a Polícia Civil, os presos atiraram contra os policiais que revidaram. Morreram os indiciados Emanuel Julio Cabral, de 26 anos, José Cristiano de Melo, de 19, e Wagner Alberto Abdala Camargo, de 45 anos. Edinaldo Rodrigues Santos, de 22 anos, conseguiu fugir. Três outros presos foram recapturados, um deles chegou a fugir para a praia e nadar no mar, mas foi preso pela Polícia Militar.
Para escapar, os presos cerraram a parte superior das grades de três celas e escalaram o muro com uma corda feita de lençóis. Eles estavam com três armas que foram apreendidas, entre elas um revólver 38 e outro de calibre 32.

O delegado titular de Guarujá, Cláudio Rossi, afirma que a fuga poderia ter sido uma tragédia ainda maior caso os policiais não tivessem agido prontamente e os detentos tivessem rendido a carceragem e o plantão. Rossi acredita que as armas estavam escondidas fora da cadeia e que a serra pode ter entrado escondida na sola de sapato ou cós da roupa de algum visitante. "A superlotação prejudica a vigilância e o número de pessoas entrando é muito maior", admite o delegado. Com capacidade para 60 pessoas, atualmente há 168 presos na detenção. Agora, a corregedoria da Polícia Civil está investigando as circunstâncias da ação, de acordo com A Tarde Online.

 
1864
Loading. Please wait...

Fotos popular