Pravda.ru

Notícias » Incidentes


Fundadores da Igreja Apostólica Renascer libertados esperando o julgameno

20.01.2007 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

Os fundadores da Igreja Apostólica Renascer em Cristo Sônia Haddad Moraes Hernandes e Estevam Hernandes Filho  deixaram a prisão nos Estados Unidos.  Estevam Hernandes Filho, havia deixado a prisão na noite desta quinta-feira. Ainda não se sabe se Sônia deixou a prisão ontem à noite ou hoje pela manhã.

Apesar de ter deixado a prisão, o casal de fundadores da Renascer continuará sendo vigiado pela polícia de Miami. Depois de deixar a prisão, os dois seguiram para a mansão de Boca Ratón, no número 12.582 da Tobey Drive, localizado no condomínio fechado Boca Falls.

Sônia e Estevam Hernandes estão impedidos de deixar a Flórida até o julgamento do processo que corre contra eles nos Estados Unidos. A primeira audiência deles com a Justiça dos EUA foi marcada para quarta-feira (24). Eles são acusados nos Estados Unidos de declaração falsa à alfândega e "cash smuggling" (contrabando de dinheiro, em tradução literal). (Saiba quais são as acusações contra os fundadores da Igreja Renascer)

O promotor do Gaeco (Grupo de Atuação de Repressão ao Crime Organizado), do Ministério Público de São Paulo, Arthur Lemos, confirmou a liberação do casal, mas afirmou que a movimentação de Sônia e Estevam será bastante restrita.

"Eles estão em liberdade condicional. Isso implica que eles terão restrições para freqüentar vários lugares, como bares, shopping centers, etc. Eles também têm que retornar para a residência às 17h e estão sendo monitorados pelos federal marshalls [agentes federais]", afirma Lemos.

Segundo o promotor, Estevam e Sônia foram libertados por uma decisão judicial pouco usual em se tratando de imigrantes e sobre o qual ele afirmou não ter maiores detalhes. "O juiz entendeu que esse nível de liberdade era suficiente, mas não é uma medida comum aplicada no caso de imigrantes".

Procurado pela reportagem, o advogado do casal no Brasil ainda não se manifestou sobre o novo episódio do caso.

Folha Online 

 
2079
Loading. Please wait...

Fotos popular