Pravda.ru

Notícias » Incidentes


Primeiras lésbicas que tentam casar em Portugal

19.10.2007 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
Primeiras lésbicas que tentam casar em Portugal

Teresa Pires e Helena Paixão são duas primeiras mulheres que tentam casar em Portugal. Mas a Conservatória do Registo Civil de Lisboa se recusou a celebrar o casamento.

 Esta sexta-feira (19) elas apresentaram pretensão no Tribunal Constitucional (TC), alegando que a Constituição não permite discriminações em função do sexo, refere a Lusa.

Segundo o advogado das mulheres, as alegações fundamentam-se na Constituição da República Portuguesa que proíbe qualquer tipo de discriminação, nomeadamente com base na orientação sexual.

Logo após a decisão da Conservatória do Registo Civil de Lisboa que se recusou a celebrar o casamento de Teresa e Helena, as duas mulheres recorreram em primeira instância para o Tribunal Cível de Lisboa e, depois, para o Tribunal da Relação e para o Supremo Tribunal de Justiça. Todos eles rejeitaram esta pretensão.

«Dado ser um caso que diz respeito a pessoas, os recursos podem ir subindo. A maioria termina no Supremo Tribunal de Justiça, pois para subir ao Tribunal Constitucional é preciso convencer os juízes de que há fundamento constitucional», o que aconteceu neste caso, explicou.

Este processo deu assim entrada no TC, o que para o advogado constitui já uma «primeira vitória».

As alegações do recurso a ser entregue hoje pelas 14:30 no tribunal vão acompanhadas por oito pareceres favoráveis ao casamento das duas mulheres, concedidos de forma voluntária e gratuita por professores universitários de diversas áreas científicas.

Teresa e Helena, que vivem juntas há cinco anos com a filha desta última, notam que existe menos discriminação na rua quando andam de mão dada ou se comportam como um casal heterossexual, mas continuam a não poder ter determinados bens da mesma forma que outros casais, por exemplo, uma casa ou uma conta conjunta

 
1959
Loading. Please wait...

Fotos popular