Pravda.ru

Notícias » Incidentes


Veleiro com dois franceses a bordo foi interceptado por piratas

11.09.2008 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

Ao largo da Somália o Veleiro com dois franceses a bordo foi interceptado. São frequentes actos de pirataria nas costas marítimas deste país africano, consideradas as mais perigosas do mundo, segundo a fonte Fátima Missionaria.

«Recebemos informações credíveis que um barco francês foi interceptado na zona do Golfo de Aden, quando se dirigia para a a aldeia costeira de d'Eyl», referiu o ministro dos Recursos Naturais do Puntland, região semi-autónoma do nordeste da Somália. O ministério francês dos Negócios Estrangeiros «confirma que um veleiro, a bordo do qual se encontravam dois franceses foi objecto de um acto de pirataria marítima no Golfo de Aden».

Eyl situa-se a cerca de 400 quilómetros a sudoeste de Bosasso, local utilizado frequentemente pelos piratas, como refúgio, para aí ancorar os barcos tomados como reféns. «Os piratas já têm em seu poder, na aldeia de Eyl, mais sete barcos raptados ao largo da costa somali».

Desde o mês de Julho, tiveram lugar oito ataques de piratas nas costas da Somália. Segundo dados do Ofício Marítimo Internacional, no primeiro semestre de 2008, terão sido praticados ao menos 24 ataques. Em Abril passado, os piratas detiveram um barco de luxo francês, com a respectiva tripulação e três dezenas de turistas. Depois de conseguiram a soma de dois milhões de dólares, foram presos por forças especiais francesas.

 
1410
Loading. Please wait...

Fotos popular