Pravda.ru

Notícias » Cultura


Os primeiros da Lua

29.09.2005 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

No último festival do cinema em Veneza o filme russo do realizador Aleksey Fedorchenko “Os primeiros na Lua” ganhou o prémio principal como o melhor documentário. Os russos vão ter possibilidade assistir este obra de arte nos cinemas no dia 29 do setembro. Isso é muito simbólico, porque o realizador do filme também nasceu neste dia.

O director deste festival Marco Muller ficou muito aflito, porque o seu pai morreu bastante jovem e não vi este grande trabalho, feito pelos russos. O pai dele sempre foi grande amador dos documentários russos.

Mas, temos que notar que este filme foi feito num estilo completamente differente dos outros documentários russos. Os americanos já chamaram este estilo pelo “mockumentary” (vem da palavra “documentary”, só que “mock” significa troça, coçoada, imitação, falçificação, paródia etc). Segundo a este filme, não os americanos fizeram os pimeiros passos na Lua. Foram os cosmonautas russos. Este evento aconteceu no ano 1938 – 31 anos ántes dos americanos.

E ninguem tive nenhuma idea sobre isso, porque o governo russo tornou tudo em secreto e a maioria dos documentos eram distruidos. Então, os projectistas sovéticos, encantados com as ideas do Tsialkovsky da terra russa como “talento inato”, usaram os desenhos (inventados) do constructor Fiodor Suprun e construiram o míssil cósmico. Primeiro, para provar, como funciona esta máquina, eles enviaram o porco para espaço, bem bebado para não sentir descomforto. Ao mesmo tempo o grupo dos cosmonautas prepararam-se para o voo.

Entre eles eram: a desportista sovetica Nadezda Svetlaya, o anão, que trabalhava no circo como a bala de canhão, o macaco Duska e cosmonauta numero 1 – Ivan Kharlamov, que afinal dos contos foi o único enviado para espaço.

O narador no filme é o único vivo membro da equipa – Khanif Fattakhov. No final do filme, ele morre no seu próprio quatro, mesmo durante a filmagem (isso foi a idea do realizador).

O director enventou muitas coisas engracadas. Ele jogou com os factos da história, brincava com a realidade sovética daquele tempo e apresentou todos os conflictos daquela época, mas em forma muito cómica.

Isso não é a primeira tentativa imitar o filme antigo. Os americanos já tentaram fazer isto muitas vezes. Aleksey Fedorchenko usou no seu filme a película sovética “Tasma”. E por acaso, os espectadores não perceberam que este não foi o filme documentário, porque os organisadores ligaram a luz um pouco ántes do final para que eles não verem as legendas. Então, este filme vai ser a grande mistificação da nossa época.

O director diz: “Eu queria mostrar o problema da atitude entre o governo e pequeno homem. Na verdade, a idea geral é mostrar como as pessoas fortes, intelligentes, honrados tornam-se num material de despesas para a sua pátria. A Lua neste filme não é o alvo, é o motivo, o meio.

Aleksey Fedorchenko – productor, adaptador e realizador. Ele nasceu em 1966.

Ela já recebeu o prémio principal para o seu filme “David”. E esta nova obra dele “Os primeiros na Lua” ganhou o prémio para “A melhor estreia” no festivalo “Kinotavr” e este prémio em Venezia.

A filmográfia dele:

2005 – “Os primeiros na Lua” 2003 – “As crianças do tronco branco” 2002 – “David” 2000 – “O concerto anormal” 1999 – “A classica Z”

Julia RASNITSOVA PRAVDA.RU

 
3458
Loading. Please wait...

Fotos popular