Pravda.ru

Notícias » Cultura


Igreja Ortodoxa Russa e Santa Sé produzem filme conjunto sobre os primeiros Cristãos

22.12.2004 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

A Igreja Ortodoxa Russa e a Santa Sé irão lançar, em 2005, um projecto conjunto sem precedentes. Trata-se de um filme de cinco episódios intitulado "Peregrinação à Cidade Eterna".

Para o Patriarca de Moscovo e de Toda a Rússia, Aleksi II, o projecto será alvo de esforços conjuntos "científicos e artísticos da Igreja Ortodoxa Russa e da Santa Sé, da Rússia, Itália e da Polónia". Esta película histórico-documental visa recordar uma vez mais que a cultura europeia comum partiu exactamente do cristianismo - assinalou o Alto Pontífice da Igreja Ortodoxa Russa, tendo qualificado o projecto de acontecimento de enorme relevância. "Na Constituição da Comunidade Europeia, recentemente aprovada, não é feita qualquer referência às raízes cristãs comuns, que constituem os fundamentos históricos do mundo contemporâneo, ofendendo assim milhões de cristãos, pelo que é necessária uma resposta política, espiritual e cultural ", ressaltou o Patriarca. As filmagens começarão na Primavera. O filme relatará a vida e a obra dos apóstolos mártires Pedro e Paulo. O capítulo final, sobre o diálogo entre a Igreja e o Poder, é dedicado ao imperador Constantino e à sua mãe Helena, graças a quem as relíquias cristãs mais veneradas foram descobertas e a Igreja cristã foi oficializada.

O projecto está a cargo do realizador russo Vladimir Khotinenko, de 52 anos, cuja mais recente obra "72 metros" sobre um acidente num submarino soviético teve grande aceitação, inclusive junto dos jovens. "O nosso objectivo é fazer com que a "Peregrinação à Cidade Eterna" tenha uma ampla audiência. A sociedade moderna considera que os princípios morais são de cumprimento facultativo. Os seus defensores são perseguidos e ridicularizados. O caso de Mel Gibson e do seu filme "A Paixão de Cristo" é um bom exemplo - afirma o realizador. - Quanto ao nosso filme, a nossa visão é que os milagres devem ser visíveis e tangíveis. O espectador deverá acreditar nas impressões dos joelhos do apóstolo Pedro na pedra (esta é uma das relíquias que serão apresentadas no filme).

O produtor geral da obra é o Centro Científico-Espiritual do Patriarcado de Moscovo "Enciclopédia Ortodoxa". Segundo o director do Centro e responsável pela parte literária do filme, Serguei Kravets, os "cineastas russos serão pela primeira vez admitidos a ver as catacumbas e as relíquias do Vaticano e de Roma", de acordo com o entendimento alcançado entre o Patriarcado de Moscovo e a Santa Sé nos finais de Agosto último. As negociações tiveram lugar no âmbito da visita a Moscovo de uma missão da Igreja Católica Romana com vista à devolução à Igreja Ortodoxa Russa do ícone de Nossa Senhora de Kazan. Numa mensagem dirigida, na ocasião, pelo Patriarca de Moscovo e de Toda a Rússia, Aleksi II, ao Papa João Paulo II, o supremo hierarca da Igreja Ortodoxa assinalou que acredita na possibilidade do reatamento de boas relações com a Igreja Católica Romana e que a Igreja Ortodoxa Russa "tem-se sempre declarado disposta a desenvolvê-las num espírito de sincera colaboração".

Assim, o novo projecto passou a ter uma missão não só puramente de divulgação como também política, visando, nomeadamente, a aproximação das duas Igrejas. Nas suas aparições públicas, o Patriarca russo Aleksi II evocou reiteradas vezes os "tempos da Igreja Antiga em que não havia a divisão a que assistimos com pesar hoje entre o Ocidente e o Oriente".

O projecto em causa desperta igualmente grande interesse a algumas instituições públicas da Rússia, entre as quais a Agência Federal de Cultura e Cinema e a Agência Federal de Imprensa e Comunicação Social. Esta última apoia, em princípio, "todos os projectos laicos baseados na tradição ortodoxa, pois a ortodoxia está na origem de toda a cultura russa" - disse, em Novembro último, o director da Agência, Mikhail Seslavinski, qualificando tais programas e filmes como "socialmente relevantes" e, portanto, prioritários. De referir que, ultimamente, o número de programas televisivos e radiofónicos de orientação religiosa tem aumentado muito na Rússia, tendo sido instituídos o Festival Internacional de Programas Televisivos e Radiofónicos Ortodoxos "Radonej" e o Festival Internacional dos Meios de Comunicação Social Ortodoxos "Fé e Palavra".

O presente projecto ortodoxo-católico "Peregrinação à Cidade Eterna" é muito promissor e ambicioso. O produto final será apresentado a um júri conjunto de avaliação final da Igreja Ortodoxa Russa e da Santa Sé. Justificará ele as esperanças políticas, saberemos disso nas vésperas do Natal de 2005, altura em que o filme deverá entrar em cartaz.

Olga Sobolevskaia analista RIA "Novosti"

 
4726
Loading. Please wait...

Fotos popular