Pravda.ru

Notícias » Cultura


Escritor moçambicano Mia Couto venceu o Prémio União Latina 2007

19.04.2007 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
Escritor moçambicano Mia Couto venceu o Prémio União Latina 2007

O escritor moçambicano Mia Couto venceu o Prémio União Latina 2007 de Literaturas Românicas anunciou ontem, em Roma, o júri do galardão. Trata-se do primeiro escritor africano a receber o prémio. O escritor dedicou o galardão a «todos os colegas» do panorama literário do seu país, «em especial» José Craveirinha, avançou a Lusa.

Ontem, o crítico e ensaísta literário Fernando J.B. Martinho disse que Mia Couto é um “narrador exímio com uma forte dimensão poética muito importante”.

 “O aspecto mais importante na escrita de Mia Couto é o trabalho com a linguagem”, destacou o crítico e professor catedrático, sublinhando a dimensão poética da obra do escritor moçambicano.
Também o ensaísta português Arnaldo Silva sublinhou a solidez da obra de Mia Couto, um escritor que “se distingue entre os que usam a língua portuguesa, uma língua que deriva do latim, e por isso o prémio foi bem atribuído”.

Criado em 1990 pela União Latina, organização internacional fundada pela Convenção de Madrid para evidenciar e difundir a herança cultural e as identidades do mundo latino, o galardão tem um valor de 12 mil euros.

O Prémio União Latina de Literaturas Românicas foi instituído para homenagear a diversidade do património literário latino, consagrando, todos os anos, um romancista de língua latina cujas obras merecem ser difundidas amplamente e traduzidas nas outras línguas latinas. Já foi atribuído, entre outros, a Agustina Bessa-Luís (1997), António Lobo Antunes (2003) e José Cardoso Pires (1991).

 
1670
Loading. Please wait...

Fotos popular