Pravda.ru

Notícias » Cultura


Missa de Marina Denikina em Paris

18.11.2005 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

A escritora Marina Denikina morreu aos 86 anos da idade em Paris, no seu testamento ela tinha escrito que deixava os seus restos para os médicos.

Marina Denikina foi embora da Rússia com a sua família por causa da guerra civil quando era uma criança.

Desde 1926 Marina vivia na França, casou-se com o historiador francês Jean-François Quipe. Há muitos anos trabalhava na televisão, escreveu alguns livros sobre o seu pai que tinha sido um general russo, sobre a família imperial russa.

O pseudónimo dela era Marina Grey. Em abril deste ano ela recebeu o passaporte russo com ajuda do presidente Putin. Durante a sua vida Marina Denikina foi na Rússia quatro vezes.

Ekaterina SPITSYNA PRAVDA.Ru

 
767
Loading. Please wait...

Fotos popular