Pravda.ru

Notícias » Cultura


Ensaio Número 4

03.11.2003 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

Divaguei muito nessas últimas semanas, em especial de madrugada, quando não estou acordado, mas também não estou dormindo. Tomei ciência de que nós somos escravos de nós mesmos; de nossas concepções e conhecimentos.

Aprendemos por milênios a seguir um caminho e a desenvolvermos a nossa mente, (será?) na direção de nossa concepção da realidade objetiva e nos distanciando da realidade Universal, que transcende o conhecimento do homem.

Várias vezes analisei a realidade ou verdade, tão combatida pelos filósofos, que são os eternos procuradores de alguma coisa que faça o homem compreender o que ele teima em não aceitar, desconhecendo na realidade o ser ou não ser.

O homem sabe que não sabe mas, isso até hoje, não o fez procurar o por que?

O homem aceita as descobertas, o homem aceita as explicações dadas pelos que passam a vida procurando descobrir a superficialidade das coisas.

A evolução do homem, até hoje o levou longe do que realmente ele deseja, e, com o passar do tempo, mais e mais ele se afasta de seu real objetivo: o de saber quem é!

Minha cabeça fica perturbada, quando, intuitivamente sinto que estamos caminhando em sentido contrário do que deveríamos caminhar a fim de fazer o nosso cérebro realmente trabalhar. Queremos que ele nos indique o que realmente queremos saber e não nos deixe bitolados, querendo chegar ao lugar totalmente oposto ao que nos encontramos. Às vezes me vem à mente, que estamos dando uma grande volta, forçados por uma vontade inegável de demonstrar a nossa superioridade relativa aos outros animais, e em muitos casos, relativo a DEUS!

Temos cérebro, mas não sabemos como faze-lo funcionar, nem em sua media potencialidade; tudo o que nos acontece, relativo à evolução (se o que fazemos é evolução e não retrocesso), é tudo por acaso e tudo com o objetivo de nos desenvolver materialmente, procurando, como nossa inferior percepção de vida nos indicou, maior conforto e bem estar. Mas, centenas de anos depois, diminuímos o nosso conhecimento relativo a evolução musical, espiritual, artística e mais de tudo, cerebral.

O nosso cérebro permanece, praticamente intocável!

A educação e concepção de vida dos homens, estão totalmente estagnadas.

Nos ensinaram a seguir o caminho errado de vida, e nós continuamos a segui-lo, ensinando os nossos filhos, netos, bisnetos, etc...etc...etc...

Nada nos faz parar no nosso caminho para a autodestruição! Como muitos animais, por nos considerados irracionais, seguimos também para o suicídio coletivo, não olhando para direita ou para a esquerda, como um destino, que nos presenteará assim a nossa total incapacidade de sermos irmãos.

Já não condenamos os destruidores, os fazedores de guerras, desde que eles tenham poder! E com o poder, uma simples e estúpida mentira, nos fará apóia-los, indiferente do que acontecerá depois.

Não estou gostando de minhas analises, por elas serem lógicas e eu sei que a verdade está nas coisas ilógicas! Por hoje é só!

Armando COSTA ROCHA PRAVDA.Ru BRASIL

 
3171
Loading. Please wait...

Fotos popular