Pravda.ru

Notícias » Sociedade


FARC: Expandamos a desescalada

30.07.2015 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
FARC: Expandamos a desescalada. 22650.jpeg

Prossegue, em meio a imensos riscos, a difícil missão de limpeza e descontaminação de artefatos explosivos de guerra numa importante zona rural do município de Briceño, muito próximo do megaprojeto hidrelétrico de Ituango [Antioquia].

Lamentamos profundamente o acidente que no último dia 15 de julho, às 15:00 horas, ceifou a vida do desminador do BIDES Wilson Martínez Jaraba, e causou problemas auditivos a dois operadores mais, na localidade de Alto Capitán.

Realmente, a tarefa de descontaminação de territórios constitui uma atividade de vida ou morte, que exige máxima concentração, apego estrito aos protocolos de segurança, consulta permanente entre operadores de explosores e desminadores das FARC e do BIDES, respectivamente, intercâmbio e balanço com a Ajuda Popular Noruega [APN], para evitar novas situações dolorosas.

Apesar do acidente na vereda El Orejón, as partes nos comprometemos, pensando no bem para as comunidades campesinas, a seguir implementando o "acordo sobre limpeza e descontaminação de território da presença de Minas Antipessoal [MAP], Artefatos Explosivos Improvisados [AEI] e Munições Sem Explodir [MUSE] ou Restos Explosivos de Guerra [REG] em geral", firmado a 7 de março de 2015.

Quiséramos converter o experimento que tem lugar em El Orejón num plano piloto que sinalize o caminho para a atenção por parte do Estado de comunidades mergulhadas no abandono, esquecidas dos programas sociais.

Os habitantes desta comarca, muitos deles, foram deslocados dos vales férteis de onde obtinham seu sustento trabalhando a terra, ou bamburrando no rio em busca do sol de ouro para o sustento de seus filhos, e empurrados pelo mega projeto de represa do rio Cauca para as ásperas encostas improdutivas, gerando pobreza. O despojo de terras se deu por via violenta através de paramilitares ou pela via administrativa dos decretos.

Estas comunidades esperam hoje que a descontaminação de seu território de artefatos explosivos venha acompanhada de programas de redenção social. Que se aproveite a circunstância para iniciar a implementação em pequena escala da substituição de cultivos de folha de coca, acordado em Havana, com planos de desenvolvimento alternativo, vias transitáveis, energia elétrica, comercialização de café, conectividade, escolas, postos de saúde e espaços para o esporte e o lazer.

O fenômeno do paramilitarismo continua vivo, intimidador e brutal na martirizada região. Seus integrantes se movem livremente no município de Briceño sob a cumplicidade e permissividade das autoridades, e ameaçam com estender sua presença e terror à La Vereda El Orejón, uma vez se produza a limpeza do território.

Ante esta circunstância, pensamos que o governo deve atuar, investigar e estabelecer responsabilidades, e não ficar com os braços cruzados. O que os campesinos puseram a redobrar é a campanha de um alerta imediato. As comunidades devem ter certeza de que não vão ficar vulneráveis nem desprotegidas.

Descontaminar e limpar o território de artefatos explosivos, eliminar a ameaça paramilitar que aponta contra campesinos inermes, é desescalar o conflito. O cessar-fogo unilateral declarado pelas FARC e a imediata correspondência do governo decretando o cessar dos bombardeios deve se estender com outros gestos recíprocos de desescalada pelas partes, para que a Colômbia inteira seja coberta pela mais benéfica atmosfera de tranquilidade, agora que se transita com maior confiança para o acordo final.

Necessitamos continuar trabalhando na vereda do Orejón, sem pausa, porém obsessões que causem desenlaces fatais, para poder entregar à Colômbia a primeira zona livre de artefatos explosivos.

Reconhecemos os esforços da população, do BIDES, do DAICMA, dos guerrilheiros das FARC, e de APN, seu trabalho em equipe e coordenação para levar adiante esta importante missão humanitária que o país lhes destinou.

La Habana, sede dos Diálogos de Paz, 28 de julho de 2015

 

Delegação de Paz das FARC-EP

-- 

Equipe ANNCOL - Brasil

anncol.br@gmail.com

http://anncol-brasil.blogspot.com

 

 
5095
Loading. Please wait...

Fotos popular