Pravda.ru

Notícias » Sociedade


Violência intrafamiliar liderou denúncias no Paraguai

28.12.2017 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
Violência intrafamiliar liderou denúncias no Paraguai. 27933.jpeg

Violência intrafamiliar liderou denúncias no Paraguai

Assunção, (Prensa Latina) As denúncias de violência intrafamiliar lideraram as cifras registradas no fim de semana no Paraguai pelo Centro de Segurança e Emergências (CSE), revela o diário Última Hora na edição desta quarta-feira (27).

Do sábado à noite da segunda-feira, jornada de Natal, cerca de dois mil e 756 telefonemas reais de emergências ao mecanismo policial, 474 reportaram esses casos.

O dado foi informado pelo chefe do CSE, comissário Rubén Zaracho, citado pelo jornal, que agregou que o total desses pedidos representou uma quantidade ínfima dos telefonemas atendidos, 15 mil e 554, pois 82 por cento resultou falso alarme.

Nesses três dias foram denunciados maus tratos físicos, agressões verbais e ameaças, com as mulheres como vítimas.

Seguem a lista de maiores reclamações de poluição sonora e a perturbação da paz pública, antes e durante as festas.

Preocupante para os agentes policiais foram os acidentes de trânsito ocorridos durante o período, sobretudo porque na maioria dos casos os protagonistas estavam sob os efeitos do álcool, de acordo com Zaracho, assinala o informe.

Ao revelar os registos, agrega, o oficial lamentou que das 15 mil e 554 telefonemas atendidos nesses dias, 12 mil e 798 que mantiveram ocupados os militares, não correspondessem a pedidos reais de emergência, mas sim de falso alarme.

A Polícia Nacional comunicou que não se registrou caso algum de pessoas feridas por balas perdidas, o qual o comissário considerou como uma conscientização da cidadania a respeito do perigo de realizar disparos ao ar.

Pediu que para os festejos pelo novo ano se mantenha essa linha, enquanto recordou que os fazer está penado e pode levar a uma investigação fiscal, menciona o diário.

in

 

 
2282
Loading. Please wait...

Fotos popular