Pravda.ru

Notícias » Sociedade


Continuam aparecendo mulheres assassinadas na África do Sul

23.09.2019 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
Continuam aparecendo mulheres assassinadas na África do Sul. 31785.jpeg

Continuam aparecendo mulheres assassinadas na África do Sul

 

Pretória, 22 set (Prensa Latina) Outra jovem apareceu assassinada na África do Sul, em meio à campanha nacional contra a violência de gênero, que no ano passado custou a vida de 2.700 mil mulheres, foi informado hoje.

 

Detalhes divulgados nesta capital informam que a polícia encontrou o corpo de uma mulher de 32 anos, reportada como desaparecida no domingo passado, escondido em uma caixa de aço na casa de seu noivo, que foi preso como suspeito do crime.

Segundo o porta-voz da Polícia Leonad Hlathi, o corpo da vítima, golpeada e quase sem roupas, foi encontrado na sexta-feira na residência de seu parceiro na província de Mpumalanga.

Hlathi acrescentou que o detento também é suspeito de outros crimes de violação e que o caso é investigado.

Dados oficiais apontam que no ano passado 2.700 mil sul-africanas e mais de mil crianças foram assassinadas e que a cada dia a polícia recebe mais de 100 denúncias de violações, enquanto muitas outras nunca são informadas.

Em um recente discurso, o presidente Cyril Ramaphosa afirmou que a África do Sul é um dos países mais inseguros do mundo para as mulheres, com níveis de violência só comparáveis a nações que se encontram em guerra.

A esse respeito considerou que embora as agressões contra as mulheres tenham causas e características específicas, 'a violência de gênero reflete uma crise bem mais ampla de violência em nossa sociedade'.

asg/ir/mm

 

https://www.prensalatina.com.br/index.php?o=rn&id=26074&SEO=continuam-aparecendo-mulheres-assassinadas-na-africa-do-sul

 

 
2099

Fotos popular