Pravda.ru

Notícias » Sociedade


O destino do Jornal

19.09.2008 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

Dia 25 de setembro, às 19:30h.

Rua da Bahia 1466, Centro. Informações: 3222-5764.

Entrada franca.

Como parte do Programa, o livro de Lourival Sant’Anna será vendido na noite ao preço especial de R$ 5,00.


Em O DESTINO DO JORNAL, Lourival Sant’Anna registra a situação dos grandes jornais brasileiros em um momento histórico para o meio, que sofre uma crise sem precedentes em várias partes do mundo com a massificação da internet. Afinal, o jornal impresso diário vai acabar? Se ele sobreviver, em que condições isso acontecerá?


Mais do que oferecer conclusões definitivas sentenciando desfechos categóricos como a morte do jornal ou sua eternidade, o autor faz uma mediação entre profecias extremas; entre leitores, jornalistas e publicitários; entre pesquisadores, gurus e diretores de redação. Três fatos estruturais são identificados no livro, em torno dos quais ele gravita do início ao fim: o acirramento da concorrência, a mudança nos hábitos de leitura e a inovação tecnológica.


Além de vasculhar as tendências internacionais e a realidade nacional, O DESTINO DO JORNAL revela o pensamento dos leitores brasileiros e dos editores dos três maiores jornais do país sobre tais questões: Rodolfo Fernandes, de O Globo, Otavio Frias Filho, da Folha de S. Paulo, e Sandro Vaia, que foi diretor de redação de O Estado de S. Paulo até outubro de 2006.

A carreira

Lourival Sant’Anna começou a trabalhar no jornal O Estado de S. Paulo em 1990, entrando como redator da Editoria Internacional. Antes disso, trabalhou durante um ano como repórter na Agência Folha.

Em 1993, foi para Londres, trabalhar no Serviço Brasileiro da BBC. Ficou lá durante dois anos, atuando também como correspondente do Estado. Voltou a São Paulo em 1995, assumindo o cargo de editorialista do Estado. No início de 1998, tornou-se repórter especial.

Ficou nesse cargo até o início de 2000, quando assumiu as funções de editor-chefe do jornal. Em outubro do mesmo ano, foi para a CNN, onde ficou apenas três meses. Voltou para o Estado em janeiro de 2001, reassumindo a função de repórter especial, na qual continua até hoje.

 
2264
Loading. Please wait...

Fotos popular