Pravda.ru

Notícias » Sociedade


Memórias Póstumas de Francisco Badaró

16.12.2008 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

A Academia Mineira de Letras encerra suas atividades no ano de 2008 com o lançamento do novo livro de seu presidente, o escritor Murilo Badaró e um sarau com o grupo de chorinho Flor de Abacate. Editado pela Editora Claro Enigma de São Paulo, o livro é um romance histórico-biográfico sobre a vida e obra de seu avô, o eminente político mineiro do século passado, Francisco Badaró.

Com 330 páginas, o livro foi escrito ao estilo machadiano, em que um falecido escreve a sua própria história, Murilo Badaró passeia nesse romance pelos acontecimentos históricos e políticos do mundo, do Brasil e de Minas Gerais, durante a vida de Francisco Badaró.

Com pequena parcela elaborada por ficção romanceada, o autor conta a vida estudantil de Francisco Badaró em São Paulo, sua atuação como parlamentar e como embaixador na Santa Sé, ao tempo do Papado de Leão XIII, autor da Encíclica Rerum Novarum. A obra traz ainda considerações de natureza pessoal, pesquisadas sobre suas obras escritas, uma delas prefaciada por Bernardo Guimarães, de quem era amigo.

O autor - Político com vários mandatos de deputado estadual, deputado federal e senador, Murilo Badaró foi secretário de governo de Israel Pinheiro e Ministro da Indústria e Comércio no governo Figueiredo. Ostenta como sua maior obra no Ministério a salvação da Açominas, tirando-a da falência e reinaugurando-a em sua gestão. Presidente do BDMG, é membro da Academia Mineira de Letras, tendo vários livros publicados de crônicas, como Vigésimo Mandamento, Floresta de Símbolos, Rondó Solitário, Memorial Político, Reforma e Revolução, Do Jequitinhonha ao Tennessee, vários discursos parlamentares, além das premiadas biografias de José Maria Alkmim, Milton Campos e Gustavo Capanema.

Em plena atividade, seu próximo trabalho será a biografia do ex-ministro Bilac Pinto, antigo líder da UDN mineira.

A noite de lançamento do livro de Murilo Badaró será embalada por um sarau comandado pelo grupo de chorinho Flor de Abacate, que tocará durante a noite os maiores clássicos do chorinho brasileiro, com destaque para canções de Pixiguinha, Valdir Silva, entre muitos outros compositores nacionais.

Petrônio Souza Gonçalves

 
2266
Loading. Please wait...

Fotos popular