Pravda.ru

Notícias » Sociedade


Angola: Faça da lavagem das mãos um hábito

16.10.2016 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
Angola: Faça da lavagem das mãos um hábito. 25279.jpeg

Celebrado anualmente desde 2008, o Dia Mundial da Lavagem das Mãos é destinado a aumentar a informação e a percepção sobre a importância desta prática como uma forma simples, efectiva e acessível de evitar doenças e salvar vidas. 

LUANDA,  14  de Outubro de 2016 - Neste Dia Mundial da Lavagem das Mãos, o UNICEF lembra que a lavagem das mãos está entre as práticas de higiene de alto impacto. Ela por si só pode reduzir as doenças diarreicas em 44%. Se ela estiver associada a outras práticas de higiene e saneamento como o tratamento da água ou a defecação em latrinas, pode ter um impacto maior na melhoria do bem-estar das pessoas.  

 

Em todo o mundo, estima-se um acumulado de 272 milhões dias em que as crianças faltam à escola todos os anos como consequência da diarreia1, que é um dos problemas mais comuns causados pela falta de higiene das mãos. A diarreia, associada à pneumonia, leva à morte cerca 1.7 milhões de crianças a cada ano2. Porém estima-se que a lavagem das mãos com água e sabão ou cinza pode reduzir estas cifras pelo menos a um quarto. 

 

A desnutrição, outro problema preocupante, afecta 156 milhões de crianças menores de cinco anos em todo o mundo3, reduzindo as suas capacidades de crescerem fortes e saudáveis. A lavagem das mãos pode diminuir as doenças causadas pela má preparação da comida ou falta de higiene que podem estar também na base do aumento da desnutrição. 

 

O lema para as celebrações do Dia Mundial da Lavagem das Mãos em 2016 é "Faça da lavagem das mãos um hábito", pois para que a lavagem das mãos seja efectiva ela deve ser praticada de maneira consistente em momentos chave, como por exemplo depois de usar a casa banho, antes de entrar em contacto com os alimentos. Este tema enfatiza a importância de tornar a lavagem das mãos um comportamento habitual para garantir a sua manutenção a longo prazo. 

 

Um estudo sobre 'Água e saneamento nas escolas de Angola' realizado pelo UNICEF e a Direcção Nacional do Ensino Geral em 600 escolas das províncias de Luanda, Namibe, Huíla, Huambo, Bié e Cunene, constatou que, apesar de a maior parte das escolas apresentar locais para lavagem das mãos, muitos destes pontos para lavagem das mãos mas não estavam funcionais, e apenas cerca de 31% das escolas inquiridas possui um local adequado para prática da lavagem das mãos.  

 

A celebração do dia da lavagem das mãos em Angola oferecerá por isso uma oportunidade para contrapor este cenário, através de iniciativas nas escolas de todo o país, particularmente as do ensino primário, onde as crianças, com a ajuda dos professores, farão demonstrações sobre as formas de lavar correctamente as mãos com água e sabão. Para além disso os professores aproveitarão para inserir nas suas aulas conteúdos sobre higiene e saneamento, importantes para o desenvolvimento das crianças. 

 

Neste ano em que o foco é tornar a prática da lavagem das mãos um hábito, pretende-se que as acções se estendam para as famílias e comunidades. O simples acto de lavar as mãos com água e sabão ou cinza mantem as crianças saudáveis e prontas para aprender, salva vidas, ajuda a combater a desnutrição e melhora a saúde e o bem-estar da comunidade. 

 

Para mais informações sobre a lavagem das mãos e outros conselhos distribuídos por competências familiares para proteger e cuidar as crianças, pode visitar www.areceitadafelicidade.org 

 

 

 
5076
Loading. Please wait...

Fotos popular