Pravda.ru

Notícias » Sociedade


Em defesa da Revolução Cubana

14.04.2010 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

No dia 7 de abril aconteceu um ato em defesa da Revolução Cubana, promovido pelas Organizações e Partidos de Esquerda de São Paulo. O Ato foi para barrar uma manifestação contra-revolucionária, na porta do Consulado Cubano em São Paulo, promovida pelos conservadores de direita (UGT, PSDB, DEM, PPS). Os direitistas, financiados pela CIA (através do Consulado Estadunidense em São Paulo) se deram mal em sua tentativa.

Partido Comunista Brasileiro (PCB)

Partidos de esquerda e movimentos sociais barram manifestação contra a revolução cubana

Cerca de 200 manifestantes representando partidos de esquerda (PCB, PC do B, PCML), movimentos sociais como o MST e parlamentares, organizaram na manhã de 7 de abril uma manifestação em frente ao consulado de Cuba em São Paulo.

A manifestação foi uma resposta a tentativa da UGT, central sindical pelega com dirigentes que pertencem ao PSDB e PPS, de fazer uma manifestação programada para o mesmo dia e local. A manifestação da UGT pretendia prestar solidariedade aos chamados dissidentes cubanos, em verdade setores contra-revolucionários financiados pelo governo dos Estados Unidos.

Desde a manhã do dia 7, os militantes dos partidos de esquerda e dos movimentos sociais solidários a Cuba, ocuparam a calçada em frente ao consulado para protegê-lo. Os manifestantes da UGT, em sua maioria, não eram trabalhadores da base dessa central, mas “bate-paus” pagos pela mesma para se manifestarem em frente ao consulado.

Os coordenadores da UGT afirmavam que queriam entregar uma carta ao cônsul de Cuba, mas ficou claro a todos os militantes solidários à Ilha que sua verdadeira intenção era a de invadir a representação diplomática.

A disposição da militância de esquerda e dos movimentos sociais não só barrou essa intenção criminosa, como fez naufragar a manifestação contra-revolucionária e fascista da UGT.

No momento em que o imperialismo norte-americano e as burguesias dos países subordinados e dependentes aumentam sua ofensiva contra-revolucionária a Cuba, os trabalhadores respondem com solidariedade, firmeza e internacionalismo.

 
2193
Loading. Please wait...

Fotos popular