Pravda.ru

Notícias » Sociedade


Operação Condor 2.0: Após o golpe na Bolívia, EUA apontam para a Nicarágua e o México

09.12.2019 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
Operação Condor 2.0: Após o golpe na Bolívia, EUA apontam para a Nicarágua e o México. 32257.jpeg

Operação Condor 2.0: Após o golpe na Bolívia, EUA apontam para a Nicarágua e o México

A plataforma Missão Verdade denuncia que os Estados Unidos aumentam ainda mais as agressões contra governos progressistas, e observa que as forças de esquerda latino-americanas alertam para o ressurgimento de uma operação Condor do século XXI

Por: Redação Nacional | informacion@granma.cu

Depois de presidir o golpe na Bolívia, os Estados Unidos declararam a Nicarágua uma «ameaça à segurança nacional», anunciando novas sanções. Ao mesmo tempo, Trump considerou os cartéis de drogas no México como "terroristas", sem descartar a intervenção militar. Aparentemente, o golpe contra

Evo, um presidente progressista eleito democraticamente, não é suficiente.

Isso é ecoado pela plataforma Missão Verdade, que denuncia que os Estados Unidos aumentam ainda mais as agressões contra governos progressistas e observa que as forças de esquerda latino-americanas alertam para o ressurgimento de uma operação Condor no século XXI.

«Um dia após o golpe na Bolívia, a Casa Branca emitiu uma declaração aplaudindo o golpe militar e deixando claro quais são os dois países que vêm a seguir na lista de alvos de Washington:

«Esses eventos enviam um forte sinal aos regimes ilegítimos da Venezuela e Nicarágua, disse Trump», acrescenta a publicação.

O principal serviço de informações do governo dos Estados Unidos, Voice of

Os Estados Unidos declararam claramente que «a Nicarágua, juntamente com Cuba e Venezuela, é um dos países latino-americanos que se tornou uma prioridade no uso da pressão diplomática e econômica para obter mudanças de regime». Portanto, o Departamento do Tesouro atualizou a seção de sanções relacionadas à Nicarágua em 8 de novembro.

E como se isso não bastasse, agora Trump está olhando para o México. A eleição de López Obrador e suas declarações para encerrar «a longa noite neoliberal» causaram alvoroço em Washington.

A decisão de Trump de classificar os traficantes de drogas mexicanos como «organizações terroristas» tem outra leitura, pois isso facilitaria a intervenção militar direta dos EUA no México. E deveríamos até nos perguntar sobre a possibilidade de um golpe de Estado ser preparado contra López Obrador.

«Enquanto Trump afirmou que ele pretende se retirar das guerras no meio Oriente (desde que não ocupe campos de petróleo), concentrou uma intervenção agressiva na América Latina», diz Missão Verdade.

Hoje, enquanto nossa região «é cada vez mais observada com as lentes da nova Guerra Fria, a Operação Condor é reiniciada com novos mecanismos de sabotagem e subversão. O caos está apenas começando?

http://www.patrialatina.com.br/operacao-condor-2-0-apos-o-golpe-na-bolivia-eua-apontam-para-a-nicaragua-e-o-mexico/

 

 
3775

Fotos popular