Pravda.ru

Notícias » Sociedade


"Paternidades em tempo de crise"

07.07.2013 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

O Teatro da Cerca de São Bernardo, em Coimbra, acolhe no próximo dia 13 de Julho à noite o debate "Paternidades em tempo de crise". A iniciativa é da ONG brasileira Promundo, em parceria com o Centro de Estudos Sociais e com a "Saúde em Português", organização não governamental sediada em Coimbra. A ocasião será aproveitada para a apresentação em Portugal da campanha global MenCare, que visa valorizar a participação dos homens na vida das crianças.


O debate no TCSB está agendado para as 21h30 e tem como objetivo principal apresentar estratégias globais de prevenção da violência através do envolvimento dos homens como pais e cuidadores equitativos, responsáveis e não-violentos.


Estudos realizados pelo Instituto Promundo e outras organizações mostraram que aproximadamente quatro entre cinco homens em todo o mundo vão ser pais em algum momento das suas vidas. Quase todos eles têm alguma ligação com crianças enquanto padrastos, irmãos, tios, avós, professores, tutores, treinadores ou simplesmente como amigos. A paternidade mobilizada e sensível e a participação dos homens na vida das crianças são geralmente positivas para crianças, mulheres e para os próprios homens.


Em todo o mundo, mulheres e meninas continuam a assumir a maioria das actividades domésticas, apesar de representarem 40% de toda a força de trabalho remunerada. A participação limitada dos homens nas tarefas que envolvem cuidado (referentes ao cuidado com as crianças e cuidado de outros nas configurações familiares) continua a ser uma grande barreira para a igualdade de género e a autonomia das mulheres.


Actualmente, o tema da paternidade tem-se revelado uma das formas mais eficientes de envolver homens na igualdade de género. Em 2011 foi lançada a campanha global de paternidade MenCare, que resultou em adaptações dos seus conteúdos em diversos contextos e espaços. A campanha é baseada em estudos sobre atitudes de homens em relação à igualdade de género produzidos no mundo, nos últimos anos.


O debate incluirá a projecção de alguns documentários realizados no âmbito desta campanha e com as intervenções de Gary Barker (Director Internacional do Promundo), Marco Aurélio Martins (coordenador da campanha "Você é meu pai" - Brasil) e Hernâni Caniço (presidente da associação Saúde em Português). Tatiana Moura (Promundo Brasil) e Sílvia Ferreira (CES/UC) comentam as intervenções e moderam o debate com o público. A entrada é livre.


Ainda no âmbito desta iniciativa, realiza-se no dia anterior (12 de Julho), entre as 10 e as 18h00, no Centro de Estudos Sociais, um encontro para profissionais da área social, que visa enquadrar os temas da paternidade e igualdade de género no contexto da crise económica em Portugal. A partir dos casos das campanhas MenCare (campanha global), "Você é meu pai" (Brasil) e "Ami ê Pai" (Cabo Verde), procurar-se-á debater com os participantes a abordagem ao tema no caso português.

DOCUMENTÁRIOS / DEBATE
Paternidades em tempos de crise
Promundo Brasil / Centro de Estudos Sociais / Saúde em Português
13 de Julho, sábado, 21h30
apresentação da campanha internacional MenCare com projecção de documentários seguida de debate
intervenções de Gary Barker, Marco Aurélio Martins, Hernâni Caniço
comentários de Tatiana Moura e Sílvia Ferreira
entrada gratuita




Os oradores

GARY BARKER
Director Internacional do Instituto Promundo, ONG brasileira sediada no Rio de Janeiro que trabalha a nível local, nacional e internacional para promover a equidade de género e reduzir a violência contra crianças, mulheres e jovens. Foi o primeiro Director Executivo do Promundo no Brasil, onde viveu durante 15 anos. Desenvolveu investigação sobre masculinidade, violência, género, saúde e conflitualidades na América Latina, na África Subsariana e na Ásia e é co-autor de numerosos materiais de formação, incluindo a série "Programa H", para o trabalho de promoção da igualdade de género e redução da violência contra as mulheres junto de homens jovens. Foi consultor do Banco Mundial, Comité de Salvamento Internacional,  UNDP, WHO, UNAIDS, UNFPA, UNICEF, USAID, Comissão da Condição da Mulher das Nações Unidas, Fundação Ford, Fundação MacArthur e do Governo Brasileiro em assuntos relacionados com o género, envolvimento dos homens, promoção da saúde e prevenção da violência.

MARCO AURÉLIO MARTINS
Psicólogo. Ao longo de dez anos pesquisou e coordenou projectos sobre violência, género e segurança pública. Actualmente, coordena a área de campanhas e redes no Instituto Promundo. Nesta ONG, coordena o projeto Engajando pais e homens na redução da violência e da insegurança de crianças em comunidades de baixa renda no Rio de Janeiro, financiado pelo instituto holandês Bernard van Leer, e intervem na definição e concretização de campanhas sobre a importância da paternidade, inclusive na redução da violência pública e privada, no Brasil e na América Latina

HERNÂNI CANIÇO
É Médico desde 1977. Chefe de Serviço de Medicina Geral e Familiar no Centro de Saúde de S. Martinho do Bispo (Coimbra), tem mais de uma centena de trabalhos comunicados e publicados e é Assistente Convidado da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra desde 1990. É Presidente da Direcção de Saúde em Português desde a sua fundação, em 1993, tendo realizado 43 missões exploratórias, de reconhecimento, formação e avaliação, em Cabo Verde, Moçambique, Brasil, Timor, China, Índia, Tailândia, Cuba e Argentina. É Director da Revista "Ser solidário", e foi Coordenador Técnico e Científico de dezenas de projectos de ajuda humanitária e ao desenvolvimento.

--

Pedro Rodrigues

A Escola da Noite - Grupo de Teatro de Coimbra

Teatro da Cerca de São Bernardo

3000-097 COIMBRA

PORTUGAL

www.aescoladanoite.pt

www.weblog.aescoladanoite.pt

 

 
7640
Loading. Please wait...

Fotos popular